O Combate a depressão por meio do exercício físico

A depressão é uma doença psiquiátrica que afeta o emocional da pessoa que passa a apresentar uma tristeza profunda, falta de apetite, falta de ânimo, pessimismo, baixa autoestima e que podem levar a pessoa a um estado de letargia e até a morte.

Em um recente estudo que saiu no periódico “Medicine Science of Sports Medicine” intitulado “Serum Endocannabinoid and Mood Changes after Exercise in Major Depressive Disorder” mostrou que uma única sessão de atividade física pode mudar o seu comportamento e combater a depressão ao longo do tempo.

Diversos estudos ao longo do tempo mostraram que a atividade física é capaz de mudar o humor e que pessoas que praticam regularmente um tipo de atividade são mais felizes e menos propensas a sentir depressão. E o exercício em muitos casos tem o mesmo poder para uma mudança de comportamento como medicamentos antidepressivos.

O exercício físico quando feito libera neurotransmissores e outras substâncias bioquímicas em todo o corpo, como se fosse um “droga” do bem, dando aquela sensação de euforia. Entres as substâncias como endorfina, dopamina e serotonina entram na corrente sanguínea, viajam para o cérebro e afetam a maneira como nos sentimos emocionalmente.

No entanto, os pesquisadores começaram a estudar endocanabinoides, que são compostos psicoativos que produzimos em muitos tecidos do nosso corpo e que ajudam a aumentar a calma e melhorar o humor, semelhante aos compostos psicoativos da maconha, mas ressaltando, que nosso próprio corpo produz.

Talvez você já tenha feito uma atividade física e após o exercício, tenha se sentido relaxado, bocejou, ficou tranquilo e até se sentindo meio aéreo. Provavelmente seja por causa do endocanabinoide. No entanto, uma informação importante é que pessoas que possuem o estado depressivo têm baixos níveis de endocanabonoides no sangue. E talvez, quanto maior a intensidade, maior do exercício, maior a produção desta substância e maior a sensação de relaxamento e alteração do humor.

No estudo ainda há a sugestão de que a pessoa com estado depressivo seja orientada sempre por um treinador pessoal, pois a pessoa nesta condição tende sempre a realizar a atividade física em baixa intensidade, produzindo menos substância, o que não ocorre quando se tem um profissional do lado.

No entanto, meu caro leitor, qualquer que seja a intensidade, a liberação de todas estas substâncias acontecerá e para melhorar o estado depressivo é importante que se faça qualquer atividade física. Isso já melhorará sua saúde. Conhece alguém? Ajude esta pessoa! Convide-a para uma atividade física! Até a próxima!