Obra de artista piracicabano representa projeto nacional

‘Água para Viver’, de Palmiro Romani, foi escolhido pelo Ministério Público para divulgar projeto. (foto: Claudinho Coradini/JP)

A obra “Água para Viver”, do artista piracicabano Palmiro Romani, foi escolhida pelo Ministério Público para representar o projeto nacional “Conexão Água”, que visa formar uma rede colaborativa para a melhoria da qualidade e quantidade das águas no Brasil. Movido pela realidade da escassez de água de qualidade para ingestão no Brasil e pelo baixo alcance nos índices de saneamento exigidos pela OMS, o “Conexão Água” tem o objetivo de trabalhar a conscientização das pessoas em relação a estes fatos.

De acordo com a Procuradora Regional da República da 3ª Região, Sandra Kishi, a escolha do quadro ‘Água para Viver’ se deu pela sua representatividade e pela reflexão que a obra tem o poder de causar. “Tenho certeza que a obra do Palmiro provoca uma engenharia de construção que quebra qualquer barreira comunicativa”, afirma. “O quadro de Palmiro Romani traduz os sentimentos e emoções da crise hídrica em uma imagem que converge com nossos objetivos”.

Com fundo azulado, coberto por cores, a imagem busca representar o Brasil e sua diversidade, segundo seu criador. “Fiz o trabalho sob encomenda, imaginei uma água com pontos cheios de muita cor, representando o nosso país e com o objetivo de levar à reflexão”, conta Palmiro Romani, que ficou surpreso com a escolha de sua produção para representar um projeto que considera importantíssimo. “Para mim as coisas na arte acontecem e fiquei muito orgulhoso. É Piracicaba representando o Brasil para o mundo.

Fiquei emocionado. Minha assinatura continua bem visível no cartaz de divulgação do projeto, portanto também fico feliz de estar representado ali”. O projeto “Conexão Água” é construído, como poucos no Ministério Público, com dados abertos à população, com objetivo de transparência, e pode ser acessado em plataforma autônoma por meio do site www.conexaoagua.mpf. mp.br. “A arte, como poderoso meio de comunicação, cria canais neutros que ligam diversos setores, ultrapassando barreiras culturais, classes sociais e níveis de capacitação”, declara Sandra. “Da obra de Palmiro saiu o nosso slogan, ‘Água, Paz, Vida Digna e Saudável’, e ela é uma imagem que fala por si só”.

Mariana Requena
[email protected]