Operação da Polícia Civil apreende 45 máquinas caça-níqueis em Piracicaba

Guardas Civis de Piracicaba apoiaram policiais na operação (Cláudinho Coradini/JP)

Uma investigação contra crimes relacionados a  jogos de azar realizada pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Piracicaba apreendeu, nesta quinta-feira (7), 45 máquinas caça-níqueis. A ação denominada ‘Operação Caça-níqueis’ contou com a participação de policiais civis da DISE (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) e do GOE (Grupo de Operações Especiais) e da Guarda Civil.

De acordo com o delegado titular da DIG, Demétrius Gondin Coelho, os policiais investigaram 37 bares de diferentes regiões e bairros de Piracicaba, sendo que a maioria das máquinas foi apreendida na região de Santa Teresinha.

O policial explicou que todos os responsáveis pelos estabelecimentos foram conduzidos à sede da delegacia para prestar esclarecimentos. “Nós pedimos para que os comerciantes identifiquem os responsáveis pelas máquinas, um perito fez o laudo para verificar se são máquinas de jogo de azar, quando ficar pronto (o laudo) será feito um T.C.O (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e o comerciante irá responder por crime de contravenção”, afirmou acrescentando que a pena para este crime é de três meses a um ano de prisão.

(Beto Silva)