Operação ‘Rodovia Mais Segura’ recomeça nesta sexta

Operação começou a zero hora desta sexta. (Divulgação/PM Rodoviária)

Mais uma edição da Operação “Rodovia Mais Segura”, está sendo desenvolvida pela Polícia Militar, em conjunto com Polícia Rodoviária Federal recomeçou à zero hora desta sexta-feira (10). Os policiais serão distribuídos em mais de 2.500 locais de atuação policial, entre marginais e acessos às rodovias estaduais e federais de São Paulo. Além disso, helicópteros dão suporte à operação, por meio do patrulhamento aéreo. Os condutores e veículos selecionados nas abordagens estão sendo fiscalizados por equipes do policiamento ostensivo (BAEP, Força Tática e policiamento territorial). Também participam da operação o policiamento de choque, o policiamento ambiental e o Comando de Aviação. Após, os condutores são concitados a se submeterem ao teste de bafômetro e à verificação da documentação e das condições dos veículos para trânsito na rodovia pelas equipes do Comando de Policiamento Rodoviário e da Polícia Rodoviária Federal. Nas vias urbanas da capital, a fiscalização é realizada pelo Comando de Policiamento de Trânsito.

“A Polícia Militar do Estado de São Paulo atua diuturnamente na maximização dos resultados operacionais e na consequente redução dos indicadores criminais, aumentando a percepção de segurança da população e a diminuição de mortes e acidentes nas rodovias paulistas”, informou a corporação em nota.

Em caso de emergência, a corporação recomenda procurar uma sede da Policia Militar mais próxima ou ligue no telefone de emergência 190.

PRIMEIRA

A primeira edição da operação estadual aconteceu nos dias 2 e 3 de janeiro de 2018 e resultaram em mais de 1.700 pessoas abordadas. Já na última sexta-feira (11), a PM apoiou a operação estadual “Rodovias mais seguras”. Foram realizados 34 pontos de bloqueios, resultando em 80 autos de Infração de Trânsito Urbano, cinco motos e 18 veículos foram apreendidos na região de Piracicaba. Foram empregados no 10º BPMI 127 policiais militares e 58 viaturas.

 

Cristiani Azanha