Operação Socorro investiga tráfico, homicídio e extorsão em Pernambuco

Operação Socorro investiga tráfico, homicídio e extorsão em Pernambuco
Fonte: Agência Brasil

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou nesta sexta-feira (17) a Operação Socorro, com o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa suspeita de ter cometido crimes de homicídio, tráfico de drogas, extorsão, porte e comércio de armas de fogo e explosivo.

Nove mandados de prisão e três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 60 policiais civis, a pedido da Vara Criminal da Comarca de Jaboatão dos Guararapes (PE). A ação conta com a colaboração da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.

Para o chefe de polícia Joselito Kehrle do Amaral, “há possibilidade da participação [deste grupo] no fornecimento de explosivos furtados de minas e em explosões em agências bancárias”. Ele disse que essa possibilidade está sendo investigada em outro processo, voltado para crimes patrimoniais.

“Com a desarticulação desse grupo e o cumprimento dos nove mandados de prisão, nós, com certeza, teremos uma redução, sobretudo, dos homicídios em Jaboatão dos Guararapes, que é uma das linhas de investigação”. afirmou Amaral, acrescentando que 20 homicídios são atribuídos a essa organização criminosa.

Segundo ele, há, no grupo de criminosos quatro detentos do sistema prisional do Complexo Aníbal Bruno, que continuam participando de crimes mesmo estando encarcerados. Um deles, de acordo com as investigações, é apontado como o líder da organização.

“Além disso, ao longo de mais de um ano de investigação, a extorsão de comerciantes também foi apontada como prática dessa organização criminosa”, acrescentou o chefe de polícia.

Matéria alterada às 10h41 de hoje (17) para acréscimo de informações

Operação Socorro investiga tráfico, homicídio e extorsão em Pernambuco