,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • 'Arlecchino', de Busoni, e 'Pulcinella', de Stravinski, ganham encenação
  • Triz, a voz grave que canta com a alma
  • C&A lança linha de camisetas sustentáveis

Sete toques
Jaime Leitão
09/02/2017 10h45
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 

1- O filósofo e teórico literário búlgaro, Tzvetan Todorov, que morreu anteontem em Paris, deixou obras fundamentais para enriquecer o pensamento contemporâneo. Uma das frases dele mais famosas é: “Somos todos feitos do que os outros nos dão: primeiro nossos pais, depois aqueles que nos cercam; a literatura abre ao infinito essa possibilidade de interação com os outros e, por isso, nos enriquece infinitamente”. A literatura é a imensa ponte que nos liga a dimensões inimagináveis. Sem ela, somos infinitamente pobres. Tem razão Todorov.

2- O que está acontecendo no Espírito Santo, com a greve dos policiais militares e a paralisação da Polícia Civil , é simplesmente assustador. A população de Vitória, Vila Velha, Serra e outras inúmeras cidades capixabas vive um clima de pânico, com medo de sair de casa e sofrer algum tipo de violência. Em cinco dias, ocorreram mais de 90 mortes no estado e muitos supermercados e shoppings foram saqueados. Lojas, hospitais, bancos, escolas permanecem fechados. O transporte coletivo também está paralisado. Ruas desertas. Há um perigo de que essa greve se espalhe por outros estados, trazendo para várias regiões do país o caos completamente fora de controle.

3- O senador Edison Lobão (PMDB-MA) foi escolhido para presidir a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, considerado o colegiado mais importante da Casa, por dois anos. Lobão, citado na Lava-Jato, e inocentado pelo Procurador Geral da República Rodrigo Janot, pertence ao grupo dos ex-presidentes do Senado José Sarney (AP) e Renan Calheiros (AL). Quem disputava com Lobão é o senador Raimundo Lira (PB), também do PMDB. Sarney e Renan continuam com muito poder. Já a Lava-Jato está sob forte ameaça de não seguir em frente. Lobão em cena, com forte apoio logístico para atuar com liberdade.

4- A sabatina para aprovar ou não o ex-ministro da Justiça Alexandre de Moraes como ministro do Supremo será presidida por Lobão. Essas sabatinas são todas pró-forma. A aprovação de Moraes será uma barbada.

5- O jogador Alexandre Pato foi condenado ontem a pagar R$ 5 milhões de multas e impostos à Receita Federal. Será que Pato irá pagar o pato? Que pato mais caro esse. Deve ser de ouro.

6- Por falar em ouro, enquanto a Lava-Jato vive um período delicado, a Polícia Federal vai em frente e põe nas ruas a Operação Crisol, para desbaratar esquema gigantesco de venda e compra ilegal de ouro.

7- Morreu na Dinamarca um dos maiores violinistas de jazz do século 20, o violinista dinamarquês Svend Asmussen, aos 100 anos, que tocou com estrelas do jazz como Josephine Baker, Duke Ellingtone e Stéphane Grappelli. Vamos ouvi-lo. Precisamos muito mais de boa música do que de má política, que é o que não falta por aqui.


Jaime Leitão

é cronista, poeta, autor teatral e professor de redação


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar