,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Na Sala São Paulo, Rachlin rege e sola ao violino e à viola com músicos ingleses
  • Taylor Swift brinca com melhor jogador da NBA: 'Eu te ensinei a driblar'
  • Fã joga cerveja no palco e Marília Mendonça se irrita: 'Jogue na sua avó'

A Cultura está chamando!
Rosângela Camolese
19/03/2017 06h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Todo artista tem de ir onde o povo está, já dizia Milton Nascimento em Nos Bailes da Vida. Esta não é uma missão fácil para aqueles que vivem de arte pelo mundo todo. Na constante busca por abrir frentes de trabalho que agitem a agenda dos nossos artistas, desde que chegamos à Secretaria da Ação Cultural trabalhamos com o programa MovimentAção Cultural que, em seu bojo, traz a formação de equipes de trabalho, a criação e o funcionamento dos Centros Culturais levando arte e entretenimento para crianças, jovens, adultos e terceira idade com cursos, oficinas, apresentações e exposições, mas também cuida da inserção de músicos, atores, bailarinos. 
 
Untitled-21.jpg

Ilustração: Maria Luziano

É dali que saem as indicações para apresentações em eventos públicos ou apoiados pelo município, e mesmo os privados que nos procuram para conhecer o rol de artistas da cidade. Estes apontamentos acontecem a partir de um cadastro onde constam as características artísticas de cada um, breves históricos e, sempre que possível, audiovisuais. Mesmo considerando que hoje a internet e as redes sociais constituem grandes difusores das artes em todas as suas vertentes, para quem a faz nada supera ou substitui o contato com o público.
 
A MovimentAção trabalha com um cadastro que vem sendo formatado faz anos. Acontece que depois de um tempo tudo fica desatualizado, obsoleto mesmo. Muitos saem da cidade, outros chegam, os telefones e contatos se alteram e por aí vai. Esta foi a primeira indicação de que nossos arquivos deveriam ser refeitos. 
 
Era preciso também colocar em prática o estabelecido pela Instrução Normativa número 13/2012 da secretaria de Finanças, segundo a qual somente profissionais formalizados, que tenham CNPJ, podem prestar serviços junto ao município. 
 
Assim, abrimos nesta segunda-feira,13, o Chamamento Cultural para músicos, bandas, orquestras educativas, grupos de coral, teatro, circo, dança, fotógrafos, artistas plásticos e outros fazedores de cultura da cidade para que se cadastrem e possam oferecer sua arte em outros universos. Vale dizer que mesmo aqueles que já tinham seus dados dentro do programa devem se apresentar para atualizar informações. A Estação da Paulista foi o local escolhido para a ação que vai até 17 de abril.
 
A MovimentAção Cultural é, dentro da Semac, responsável por receber pedidos, fazer coletas e gerir os processos de tomada de preços e consulta aos artistas que poderão atender solicitações de eventos apoiados ou organizados pela prefeitura dentro da própria Semac ou por outras secretarias. Os cadastrados também podem ser indicados e/ou informados acerca de programas estaduais ou federais de incentivo e promoção à arte e à cultura. 
 
Importante ressaltar que a questão da formalização é fator de fortalecimento para todos, fato que já era sentido e foi confirmado pelos dados obtidos na pesquisa realizada pelo Instituto Ingá em 2015, que apontou grande parte da classe artística piracicabana atuando na informalidade. Esta realidade não é exclusividade nossa, mas ocorre em todo país. Neste momento, a tarefa de tornar-se uma pessoa jurídica está facilitada pela instituição da MEI, Microempreendedor Individual, pela qual qualquer cidadão pode regularizar-se juridicamente sem burocracia e com baixo custo.
 
Com a formalização todos saem ganhando. A classe artística aumenta suas possibilidades de atuação não apenas junto no setor público pela contratação direta por entes municipais, estaduais e federais ou pela captação de recursos junto a programas de renúncia fiscal, como também junto ao setor privado que busca, cada vez mais, regularizar seus prestadores de serviços. O Poder Público também passa a ter maior controle, transparência e ordenamento dos processos financeiros e a Semac, de seu lado, fortalece seu papel de ser a ponte entre as possíveis apresentações e nossos artistas. 
 
Então, você que é um arteiro por opção e profissão, atenda a este chamado. Venha à Estação da Paulista até 17 de abril e se integre ao cast da Movimentação Cultural!

Rosângela Camolese

É secretária da Ação Cultural.


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar