,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Na Sala São Paulo, Rachlin rege e sola ao violino e à viola com músicos ingleses
  • Taylor Swift brinca com melhor jogador da NBA: 'Eu te ensinei a driblar'
  • Fã joga cerveja no palco e Marília Mendonça se irrita: 'Jogue na sua avó'

A Quaresma do Papa
Maria Helena Aguiar Corazza
15/03/2017 11h45
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
16.jpg

Ilustração: Maria Luziano

A mensagem do Papa para esse tempo da Quaresma que significa os quarenta dias que antecedem a Páscoa de Jesus Cristo, não se prende só ao Tema deste ano de 2017 e que foi definida pela conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) como: ‘Biomas brasileiros em defesa da Vida’ e ao Lema: ‘Cultivar e guardar a Criação’. Daí, nosso Papa em seu contato com o povo cristão e católico mandando essa mensagem: “Para os que vão ficar 40 dias sem comer chocolate, sem beber, sem fumar, sem fofocar, de nada adianta isso para ser uma pessoa melhor”.

Seu espírito evoluído envia então sua lição que compôs com 15 simples “atos de caridade que ele mencionou como manifestações concretas de amor”:

1 - Sorrir, um cristão é sempre alegre!

2 - Agradecer (embora não precise fazê- lo).

3 - Lembrar ao outro o quanto você o ama.

4 - Cumprimentar com alegria as pessoas que você vê todos os dias.

5 - Ouvir a história do outro sem julgamento e com amor.

6 - Parar para ajudar, estar atento a quem precisa de você.

7 - Animar a alguém.

8 - Reconhecer os sucessos do outro.

9 - Separar o que não usa e dar a quem precisa.

10 - Ajudar alguém para que ele possa descansar.

11 - Corrigir com amor, não calar por medo.

12 - Ter delicadezas com os que estão perto de você.

13 - Limpar o que sujou em casa.

14 - Ajudar os outros a superar obstáculos.

15- Telefonar para seus pais.

Se refletirmos com honestidade cada um desses itens (ou conselhos), faremos um enorme bem não somente para nós, que melhoraremos nossa espiritualidade e comportamento, mas, para quem convive conosco e consequentemente para os relacionamentos em geral. Então, Francisco nos dá a receita do ‘melhor Jejum’ que é o que realmente vale: “Jejum de palavras negativas e dizer palavras bondosas” (ser gentil e agradável nas palavras), Jejum de descontentamento e encher-se de gratidão (agradecer sempre nem que seja pelo pouco que tenhamos recebido). Jejum de raiva e encher- se com mansidão e paciência (ser dócil e delicado sempre). Jejum de pessimismo e encher- se de esperança e otimismo (ser alegre e viver o hoje como se fosse o ultimo dia de nossas vidas). Jejum de preocupações e encher-se de confiança em Deus ( mesmo no sofrimento não deixar de acreditar). Jejum de queixas e encher-se com as coisas simples da vida (um sorriso, um olhar bondoso, um aceno, um beijo jogado com as mãos...). Jejum de tensões e encher- se com orações (Orar sempre e muito sem esmorecer: ‘Vigiai e orai’...). Jejum de amargura e tristeza e encher o coração de alegria (muitos sorrisos e abraços). Jejum de egoísmo e encher-se de compaixão pelos outros (caridade ajuda dedicação ao que sofre alimentos, remédios e agasalhos). Jejum de falta de perdão e encher-se de reconciliação (generosidade sem limites e abdicar do orgulho, do egoísmo e da ganância desenfreada). Jejum de palavras e encher-se de silêncio para ouvir os outros (com calma e grande paciência nas deficiências, doenças e lamúrias dos mais simples e dos mais fracos). As considerações ‘entre parêntesis‘ foram feitas pelo autor.

Medidas mais eficazes do que sacrifícios físicos e materiais, que, além de chamar a atenção de cada individuo para sua responsabilidade conscientizará o cristão e fortalecerá seu espírito e sua razão concreta para ser alguém melhor e mais evoluído também, como quis, quer e, sempre dá os melhores exemplos de amor, fraternidade, solidariedade e dignidade, como é o caso do nosso amado e admirado Papa Francisco!


Maria Helena Aguiar Corazza

É escritora e presidente da Academia Piracicabana de Letras.


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar