,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Santa Casa ameaça restringir atendimentos SUS

Piracicaba: Município de Interesse Turístico
Rosângela Camolese
07/05/2017 06h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
Estância turística é um termo conhecido que resume o título concedido pelo governo do Estado a municípios com características e requisitos de hospedagem, lazer, recreação, recursos naturais e culturais específicos para receber visitantes. Desde 2012, o governo de São Paulo, identificando a riqueza do potencial turístico do seu território, desenvolve mecanismos legais para ampliar essa participação, criando por meio do Projeto de Lei Complementar nº 32, a condição de Município de Interesse Turístico.
 
Para ser aceito nesse grupo e ter acesso aos recursos do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos, são necessárias condições como: ter potencial turístico; dispor de serviços médico emergencial e turísticos (hotéis, restaurantes e postos de informação); dispor de infraestrutura para atender seus cidadãos e visitantes com abastecimento de água e coleta de resíduos, possuir expressivos atrativos turísticos, plano diretor de turismo e um Conselho Municipal de Turismo. Estas condições estão previstas na Lei Complementar 1261, de abril de 2015.
 
Reconhecendo que Piracicaba atende a estes requisitos, o deputado estadual Roberto Morais apresentou à Assembleia Legislativa do Estado o Projeto de Lei 235, publicado em 26 de abril, classificando a Noiva da Colina como Município de Interesse Turístico. 
 
Na abertura da cartilha de orientação sobre o tema, o governador Geraldo Alckimin afirma que São Paulo é um dos Estados brasileiros mais estratégicos para o desenvolvimento da atividade turística, pela quantidade e diversidade de suas paisagens e por oferecer a melhor infraestrutura do país. Segundo dados do Estado, o turismo movimenta até 56 setores da economia, gera cerca de três milhões de empregos e quase 10% do PIB estadual. Hoje, mais de um milhão de famílias paulistas vivem do turismo, número que vai crescer com a abertura de novos destinos. São Paulo poderá ter mais 140 municípios de interesse turístico. Piracicaba já está garantida!
 
É claro que somos privilegiados por uma natureza exuberante e um rio que ao atravessar a cidade forma recantos de beleza e atratividade. Mas é o trabalho dos piracicabanos e daqueles que escolheram a cidade como lar, que fomentam nossa condição turística. Falamos de espaços construídos, alguns centenários como a Esalq e seus parques, o complexo do Engenho Central e Parque do Mirante, o Museu da Água, o bairro Monte Alegre, Santana e Santa Olímpia, a igreja Metodista e o Colégio Piracicabano, a Catedral de Santo Antônio, as igrejas do Bom Jesus, dos Frades e das Carmelitas, o Mercado Municipal e a Estação da Paulista são alguns exemplos de arquitetura e história que nos engrandecem e encantam.
 
Estes não são os únicos atrativos locais. Quando falamos em gastronomia, a Rua do Porto, além da atração visual e beleza plástica do seu casario colorido, tornou-se referência em pratos à base de peixe. Nesta vertente, temos outros ícones como a cachaça e as comidinhas feitas com milho, com destaque para a famosa pamonha de Piracicaba. 
 
E ainda não acabou! Em razão do número de empresas de grande porte e universidades de respeito internacional aqui instaladas, somos polo do turismo de negócios, científico e de eventos. Outro segmento que atrai visitantes é o turismo cultural com ações na linha do Salão Internacional de Humor, Festa das Nações, festivais de dança, teatro, circo, música erudita e de corais, além da Paixão de Cristo que mescla cultura e religiosidade. 
 
Dessa união de natureza, arquitetura, cultura, história, negócios, lazer, ecologia, gastronomia, ciências, religiosidade e outras riquezas que compõem a pluralidade piracicabana, resulta a iniciativa do deputado Roberto Morais em nos fazer Município de Interesse Turístico. Aqui não há espaço para descrever todas as condições favoráveis a este título, mas registramos nosso reconhecimento aos administradores e empresários que por aqui passaram, fazendo de Piracicaba o que ela é hoje. Acreditamos no turismo como vetor de desenvolvimento social e econômico e temos certeza de que cada vez mais crescemos neste sentido!

Rosângela Camolese

É secretária da Ação Cultural.


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar