,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Uniodonto leva unidade móvel a shopping
  • Roubo de carro termina em capotamento
  • Prefeitura vai pagar R$ 1 mi por mortes em enchente

Sonho ou Ilusão?
Francisco Ometto Júnior
06/05/2017 06h00
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
“Muitas das falhas da vida ocorrem quando não percebemos o quão próximos estávamos do sucesso na hora em que desistimos.” (Thomas Edison).
 
Durante a corrida do ouro, nos EUA, século XIX, um homem deixou sua casa e foi para uma cidade bem distante, em busca de riqueza. Depois de muito trabalho, um dia ele encontrou vestígios de ouro e, então, comprou potentes equipamentos para a perfuração. O homem estava ciente de que havia encontrado uma fortuna, pois a veia que perfurava o levaria a uma imensa mina de ouro! Entretanto, durante a perfuração, a veia começou a perder força até que não havia mais nenhum vestígio de ouro... Continuou perfurando, mas não encontrou mais nada. Frustrado, o homem desistiu do trabalho e vendeu todo o equipamento para um ferro velho local e regressou para sua casa. O dono do ferro velho contratou um especialista para avaliar melhor o local da perfuração... O especialista constatou que realmente havia uma enorme mina de ouro lá, distante apenas um metro do ponto que o homem havia desistido de perfurar. O dono do ferro velho ficou milionário, mas o homem que desistiu cedo demais voltou para casa de mãos vazias...
 
Quantos desistem de seus sonhos quando já se esforçaram tanto e estão quase lá... Quantos projetos maravilhosos, mas inacabados... Quantas promessas de metas para um ano que se inicia, mas quando ele termina não há nada realizado, ou apenas atingimentos parciais. Quantas empresas fazem planejamentos estratégicos mirabolantes que nem chegam na metade ou nem saem do “power point”...
 
É muito importante começar, entretanto, é mais importante ainda finalizar. É preciso saber gerenciar a euforia do começo com a garra e a perseverança da continuidade, superando as dificuldades, medos e traumas, bem como alterando rotas de forma planejada. Não se esqueça de que o sucesso sempre está ao seu alcance e é preciso ter calma para alcançar os passos seguintes.
 
A grande questão é: por que as pessoas desistem no meio do caminho? O fato é que nessa fase as maiores dúvidas, temores e dificuldades acontecem. São várias as causas: medo, zona de conforto, traumas, insegurança, erros anteriores, crenças limitantes, ansiedade por resultados rápidos, entre outros.
 
Mais perigoso ainda é buscar justificativas para a parada no meio do caminho. Problemas? Quem não os tem? Mas qual nossa vontade de superá-los? O que realmente fazemos para superá-los? Buscamos ajuda? 
 
Em pessoas que desistem há, comumente, a existência de uma visão distorcida da vida, dos fatos, das pessoas, sem tentativas de um “olhar com outros olhos”, de superação, sem a busca de novos conceitos ou reciclagem. Na verdade, a busca é por justificativas, como se isso pudesse resolver algo.
 
Você tem sonhos? Já teve? Desistiu de algum deles? Sonhar é primordial para o ser humano. Existem vários pensamentos que mostram que quem não sonha já morreu, que velho é quem não tem mais a capacidade de sonhar, etc., enfim, ter projetos, metas, motivação para realizar coisas é primordial para a saúde física e emocional. Infelizmente, há os que não tem mais projetos de vida ou sonhos e até estão vivos, mas vivos apenas na respiração... 
 
Para se realizar na vida, é preciso também saber sonhar. Um dos motivos que levam as pessoas a se frustrarem no final de suas vidas não é só se depararem com sonhos não realizados, mas também perceberem que realizaram sonhos, mas sonhos errados e, acredite, existem muitas formas de se evitar isso antes que seja tarde. Basta você querer.
 
Pense bem... Quando temos um problema no coração, procuramos um cardiologista, se nossos filhos tem algum problema físico, marcamos uma consulta no pediatra, se quebramos o braço, pedimos socorro para o ortopedista. Se algo em nossa visão não está bem, vamos ao oftalmologista. Por que tanta gente ainda tem receio em procurar ajuda quando tem algum problema emocional?
 
“Se você procura sua realização nos outros, você nunca será realizado. Se sua felicidade depende de dinheiro, você nunca será feliz consigo mesmo. Esteja contente com o que você tem. Quando você perceber que não está faltando nada, o mundo pertence a você”. (Lao Tzu).

Francisco Ometto Júnior

É professor e psicanalista


 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar