,
Clique e
assine o JP
Televendas: 3428-4190
Classificados: 3428-4140
Comercial: 3428-4150
Redação: 3428-4170
Últimas notícias:
  • Funcionários do HR pedem readequação de linhas de ônibus
  • Atividades marcam Dia do Coração amanhã
  • Canil ganha sala de memorização de odores

25 anos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes
Da redação
17/04/2018 18h10
  |      
ENVIAR     IMPRIMIR     COMENTE              
 
A Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes) foi criada pela lei 3.563/1993, do prefeito Mendes Thame que, na época, identificou a necessidade de melhorar o planejamento e a gestão pública nesta área. Naquele ano, a cidade possuía cerca 294 mil habitantes e 107 mil veículos/licenciados. Portanto, 1 veículo para cada 2,7 pessoas. Hoje são cerca de 400 mil e 307 mil veículos: um veículo para cada 1,3 pessoa. O trabalho de todos os secretários que passaram pela Semuttran foi fundamental para o crescimento técnico e administrativo do órgão, junto com suas equipes técnicas e de servidores.
 
Com o crescimento das demandas houve a necessidade de modernizar e criar na Semuttran uma nova estrutura, capaz de melhor atender a população. Isso também foi importante a partir da aprovação do novo Código de Trânsito Brasileiro, quando Piracicaba se integrou ao Sistema Nacional de Trânsito. Outras atividades foram sendo incorporadas à Semuttran, como a criação do transporte Elevar; o Centro Infantil de Educação para o Trânsito (que atende cerca de 8.500 alunos do ensino básico por ano), a criação do Conselho Municipal de Mobilidade, inovações tecnológicas como a troca de lâmpadas por led nos semáforos, implantação dos aplicativos Vaga Inteligente para a Zona Azul e Ônibus+, implantação do Centro de Controle Operacional, etc.
 
A partir de 2005, no primeiro mandato do prefeito Barjas Negri, a Semuttran ganhou mais responsabilidades, principalmente pelo crescimento da frota de veículos e da necessidade de dar fluidez ao tráfego, com segurança para os motoristas e pedestres. Centenas de intervenções foram planejadas e executadas, tudo ao partir de um Plano Diretor, que sugeriu a interligação de avenidas, construções de pontes e viadutos, alargamento ou criação de novas rotatórias e, finalmente, a implantação de 29,4 quilômetros de corredores preferenciais de ônibus.
 
Além disso, tornaram-se anuais as campanhas de conscientização para um trânsito mais seguro. Foram assinados convênios com a Polícia Militar e a Guarda Civil para o auxílio na fiscalização do trânsito. Somos parceiros do Governo do Estado no Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, inspirado na ação da ONU, denominado Década de Ação pela Segurança no Trânsito. 
 
Merece destaque e elogios as instituições que colaboram para uma cidade mais humana, como o Movimento Paulista, Câmara de Vereadores, as polícias Militar, Rodoviária e Civil, Corpo de Bombeiros, Radiopatrulhamento Aéreo Águia, Tiro de Guerra, Detran, Sest-Senat, Sincor, Cerest, Conespi, Comob, Acipi, Simespi, as secretarias de Saúde e Educação, Samu, a Guarda Civil Municipal e a imprensa.
 
Finalizo este relato parabenizando todos colaboradores e servidores da Semuttran, que juntos com os parceiros trabalham também para “salvar vidas” no trânsito e melhorar a qualidade de vida em Piracicaba. Comemoramos 25 anos, mas ainda há muito o que se fazer. Temos certeza de que todos da Semuttran estão dispostos a enfrentar os novos desafios para um trânsito mais seguro. 
 
 
Jorge Akira Kobayashi é secretário municipal de Trânsito e Transportes

Da redação

 
 
Voltar

Comentários

Nome:
E-mail:
Comentário:
 

  • Seja o primeiro a comentar