Organizações sociais recebem repasse de R$ 24,7 milhões

Dezoito entidades assistenciais vão receber R$ 24,7 milhões para dar prosseguimento a 26 projetos socioassistenciais, em parceria com a Semdes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social), governo estadual e federal. O valor é 14,3% maior que o montante disponibilizado no ano passado, que foi de R$ 21,8 milhões. A assinatura do convênio ocorreu ontem, no auditório do Museu da Água.
 
De acordo com a secretária Eliete Nunes, as entidades e a prefeitura tiveram que se adequar ao novo marco regulatório do terceiro setor. “Foi um desafio grande nos organizar para isso e, assim, manter as atividades das entidades, que junto com a Semdes fazem parte do Suas (Sistema Único de Assistência Social), com o intuito de garantir o direito socioassitencial que as famílias necessitam.”
 
Do valor total repassado, R$ 18,7 milhões são recursos do município, R$ 1,1 milhão é do Estado e outros R$ 4,8 mi do Governo Federal. Segundo o prefeito Barjas Negri, 22 mil famílias piracicabanas serão contempladas, número que inclui os atendidos pelos Cras (Centro de Referência de Assistência Social), Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e Centro Pop (especializado em população de rua). “Sabemos que o dinheiro é pouco, mas, em tempos de crise, conseguir um valor destes mostra que a gestão da cidade e das entidades tem surtido efeito”, completou.
 
Há mais de 120 anos trabalhando na área de vulnerabilidade social com a prevenção e violação de direitos de crianças, jovens, adultos e idosos, a Afasmac (Associação Franciscana de Assistência Social Madre Cecília) comemorou o convênio. “Começamos a participar em 2014 e isso deu segurança ao nosso trabalho. O valor será destinado a sete serviços, no entanto, ainda temos outros dois projetos que não foram contemplados e que nos esforçaremos para manter, já que atendem crianças do Centro e Jardim Oriente”, destacaram Terezinha Catarina Andreola e Ana Silva, irmãs da entidade religiosa.
 
Também assinaram convênio as entidades: Cesac (Centro Social de Assistência e Cultura da Paróquia São José), Educando pelo Esporte, Pasca (Pastoral do Serviço da Caridade), Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Centro de Reabilitação, Passo a passo, Associação Presbiteriana, Apaspi (Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Piracicaba), Avistar (Associação de Atendimento a Pessoas com Deficiência Visual), Associação Sindrome de Down, Auma (Associação de Pais e Amigos dos Autistas), Núcleo Espírita Vicente de Paula, Lar Betel, Lar dos Velhinhos, Casa do Bom Menino, Lar Franciscano de Menores e Crami (Centro Regional de Atenção aos Maus Tratos na Infância).