Paes admite vitória "contundente" de Witzel ao governo do Rio

Paes admite vitória "contundente" de Witzel ao governo do Rio
Fonte: Agência Brasil

O candidato derrotado ao governo do Rio de Janeiro Eduardo Paes (DEM) admitiu que a vitória de seu adversário Wilson Witzel (PSC) foi “contundente” e disse que vai voltar a trabalhar na iniciativa privada. Ex-prefeito da cidade do Rio, Paes agradeceu aos eleitores que votaram nele.

“[Agradeço] àqueles que confiaram nas nossas propostas, que me deram um voto de confiança, com 40% dos votos no Estado, com a complexidade do Rio de Janeiro, com a conjuntura política difícil que a gente enfrentava”.

Paes disse que cumprimentou Wilson Witzel pela importante e contundente vitória e que deseja a ele todo o sucesso. “Torço para que ele faça um ótimo governo. Eu sou morador do Rio e diante da situação que vive o Rio de Janeiro, o povo desse Estado, os políticos desse Estado devem apoiá-lo para que ele possa devolver ao Rio de Janeiro a dignidade perdida nos últimos anos”.

Recado das urnas

Paes falou sobre a importância de enteder o recado das urnas: “Nós que estamos há muito tempo na vida pública, temos que entender esse recado das urnas, para que a gente se adapte e possa dialogar melhor com a sociedade”, avaliou.

O ex-prefeito disse que se sentiu honrado com os votos recebidos na capital, onde foi prefeito por dois mandatos seguidos. “Para mim, essa vitória me honra muito dos bairros da Pavuna à Barra da Tijuca e de Santa Cruz à Ilha de Paquetá. Eu amo o Rio de Janeiro e adoro fazer política”.

Paes disse que ainda não sabe o que vai fazer, mas que vai ter de arrumar um emprego para pagar as contas de sua casa e manter sua família. “Não quero cargo político e vou voltar à iniciativa privada”.

Paes admite vitória "contundente" de Witzel ao governo do Rio