Pagamento à vista com desconto do IPTU vence amanhã

Com o término da entrega dos 194 mil carnês de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2018 na semana passada, os piracicabanos começam a pagar o tributo à prefeitura. A cota única à vista e com desconto de 5% vence amanhã. Já a cota única sem desconto e o pagamento parcelado vencem no dia 20 de março. O pagamento parcelado poderá ser feito em até 10 vezes, sem incidência de qualquer acréscimo, desde que a quitação de cada parcela seja feita até a data do vencimento.
 
De acordo com a prefeitura, os carnês — das modalidades residencial, comercial e industrial — começaram a ser distribuídos no fim de janeiro, sendo o primeiro lote de 70 mil unidades na região central.
 
“O contribuinte que não receber o documento deve procurar o setor de atendimento da prefeitura, no prédio do Centro Cívico, térreo 1, ou o Poupatempo Estadual, na praça José Bonifácio, para retirar a segunda via. A guia de pagamento à vista ou parcelada também pode ser conseguida pela internet, no site da Prefeitura (www.piracicaba.sp.gov.br) pelo ícone IPTU 2018.
 
Um decreto do prefeito Barjas Negri (PSDB) estipulou em 1,95% o reajuste na alíquota do IPTU para este ano. O índice de aumento equivale à variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) entre dezembro de 2016 e novembro deste ano. 
 
Além disso, uma lei aprovada permitiu que a planta genérica de valores — tabela é utilizada como base de cálculo para o lançamento do tributo — fosse corrigida em outros 5%. A mesma norma prevê atualizações de 2,5% da planta nos próximos anos até 2023.
 
No início do ano, a Secretaria de Finanças disse ao JP que a expectativa era de arrecadar R$ 110 milhões com o pagamento “principal” do IPTU, ou seja, o imposto lançado em si. Outros R$ 700 mil devem vir de multas e juros pagos por quem quitar as parcelas em atraso.
 
A pasta estimou ainda que R$ 22 milhões deixarão de ser recolhidos por conta da inadimplência, valor que deverá ser colocado em dívida ativa para posterior cobrança judicial.
 
 
PAGAMENTOS — Segundo a prefeitura, as casas lotéricas podem receber o pagamento do tributo no valor de até R$ 2.000 em dinheiro e até R$ 1.500 no cartão de débito da Caixa Econômica Federal. 
 
Na agência do Correios da avenida Armando Salles de Oliveira, o pagamento pode ser feito com cartão de débito do Banco do Brasil no valor de até R$ 1.500. 
 
Nos bancos Caixa, Bradesco, BB, Santander, Itaú-Unibanco, CopCana e CredOdonto, os recebimentos podem ser feitos pelos canais de autoatendimento e internetbanking para correntistas dos bancos.
 
Outras informações estão disponíveis no site da prefeitura.