Paixão de Cristo de Piracicaba acontece em espaço de 8 mil metros quadrados

cena de Jesus aos braços da mãe dele, Maria Encenação da Paixão de Cristo de Piracicaba acontece no Engenho Central (Foto: Divulgação)

Em 2019, a Paixão de Cristo de Piracicaba chega à 30ª edição. São três décadas consecutivas de apresentações. Neste ano, as encenações ocorrem entre os dias 14 e 21 de abril, sempre às 20h, abrangendo espaço de oito mil metros quadrados do Engenho Central. Na Sexta-feira Santa, 19 de abril, haverá sessão especial às 17h. A peça trata dos últimos dias de Jesus na Terra. A direção artística da 30ª temporada é assinada por Marcos Thadeus. A realização é da Associação Teatral e Cultural Guarantã, por meio da SemacTur (Secretaria Municipal de Ação Cultural e Turismo). Em comunicado enviado à imprensa, os organizadores estimam cerca de 20 mil espectadores.

O espetáculo A Paixão de Cristo de Piracicaba, com cerca de duas horas de duração e encenado a céu aberto, tem diversas passagens da vida de Jesus Cristo, desde o nascimento até a ressurreição. O elenco completo é formado por aproximadamente 350 pessoas, entre atores, artistas, técnicos e equipe de produção. Dois atores interpretarão Jesus, se revezando entre os dias de peça.

A capacidade da arquibancada é de 2.300 pessoas por apresentação. No decorrer da encenação, o espectador sente-se envolvido pelo clima do espetáculo, devido aos inúmeros efeitos cênicos e técnicos. A dramaticidade da trilha sonora, junto dos variados recursos utilizados, como carruagens, bigas, soldados e artistas circenses, remete à própria época em que Jesus viveu na Terra.

Confira abaixo imagens da 29ª edição do espetáculo, apresentado em 2018.