Palmeiras enfrentará o Godoy Cruz pela Libertadores

Fase final da Libertadores será disputada após a Copa América

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) sorteou na última segunda-feira (13), em Luque no Paraguai, os confrontos das oitavas de final e o chaveamento da Copa Libertadores até a final. Mesmo com seis brasileiros no sorteio, não teremos nenhum confronto nacional nesta fase. O Palmeiras, dono da melhor campanha na primeira fase, enfrentará o Godoy Cruz, da Argentina, com o primeiro jogo em Mendoza no dia 23 de julho, às 21h30, e a volta em São Paulo, no dia 30 do mesmo mês, também às 21h30. Os jogos só serão disputados após a Copa América 2019, que acontecerá no Brasil.

O confronto mais “pesado” será entre o atual campeão River Plate, da Argentina, que também tem quatro títulos e o Cruzeiro, atual bicampeão da Copa do Brasil, dono da segunda melhor campanha da competição e bicampeão da Libertadores (1976 e 1997). As equipes já se enfrentaram em duas Libertadores (uma final e outra nas quartas), com uma classificação para cada lado. Outro duelo interessante será entre Boca Juniors, da Argentina e Athletico Paranaense. Os argentinos são hexacampeões e terminaram em primeiro de seu grupo, com apenas uma derrota, justamente para os paranaenses, que venceram por 3 a 0 em Curitiba.

O Internacional, bicampeão da América, enfrentará o Nacional, do Uruguai, dono de três títulos da América, sendo um deles contra os próprios colorados, em 1980. O Grêmio voltará ao Paraguai para enfrentar o Libertad, adversário dos gremistas na primeira fase. O Flamengo jogará novamente no Equador, porém agora irá para Guaiaquil, para enfrentar o Emelec.

Os jogos que não envolvem nenhum brasileiro serão disputados por Olímpia, do Paraguai, contra LDU Quito, do equador; e Cerro Porteño, do Paraguai, e San Lorenzo, da Argentina.

Mauro Adamoli