Palmeiras vence Sampaio Corrêa com gol no fim

Após a vitória, o Verdão precisa de um empate para avançar na competição (Foto: César Greco/ Ag Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras venceu o Sampaio Corrêa pelo placar de 1 a 0 na noite da última quarta-feira (22), no Estádio Castelão, em São Luís, pelo jogo de ida das Oitavas-de-Final da Copa do Brasil 2019. Moisés marcou o único gol palmeirense já no final do jogo. Com o resultado o Verdão jogará pelo empate em São paulo para chegar as Quartas-de-Final da Copa do Brasil pela décima sexta vez, sendo a quinta consecutiva. Para os maranhenses conseguirem uma histórica classificação, precisam vencer por dois ou mais gols, sendo que uma vitória por um gol de diferença levará a definição para os pênaltis.

O gol da equipe Alviverde saiu aos 46 minutos do segundo tempo. Moisés bateu forte uma cobrança na intermediária, distante quase 30 metros da meta do goleiro Andrey. O chute foi rasteiro e passou pelo lado da barreira. O goleiro pulou para fazer a defesa, porém a bola passou por suas mãos e morreu no fundo do gol maranhense e decretar a vitória do Verdão.

Foi um jogo difícil, nós sabemos das circunstâncias do jogo, já que trocou todos os jogadores e enfrentamos um time que quando joga como mandante costuma complicar os adversários. Qualquer um que venha jogar aqui terá dificuldades, pleo gramado pesado. Estávamos cientes de que poderia ser um resultado melhor, porém conseguimos uma vitória e novamente não sofremos gol”, disse o meia Moisés, autor do gol, ao final do jogo.

A gente sabia que seria um pouco diferente, o campo nos dificulta um pouco mais. O Sampaio fez um bom jogo e nós conseguimos o objetivo, mas não com uma atuação que nos deixasse satisfeitos. Buscamos o gol que nos desse a tranquilidade para que o Sampaio modificasse o seu estilo de jogo. Eles usaram a bola parada muitas vezes, jogadas em que o seu centroavante escorava. Tivemos duas ou três chances, mas, como a gente não fez, não modificou a forma de jogar do adversário. Não modificando, você vai ter algumas dificuldades”, disse o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, após a partida.

Mauro Adamoli