Para Cássio Gabriel, XV não pode deixar a organização de lado

Meia disse que a parte psicológica não foi afetada e acredita nas chances do Nhô Quim ser campeão. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O XV de Piracicaba iniciou sua última semana de treinos para a disputa da Copa Paulista, já que o Alvinegro decidirá o título neste sábado (16), às 17h, diante do São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. O Nhô Quim perdeu o jogo de ida por 3 a 2, porém o elenco acredita que o time tem condições de virar o placar e ser campeão. Cássio Gabriel, autor de dois gols no primeiro jogo, disse que a equipe não pode se desesperar, caso contrário, o título escapará.

Temos que ser uma equipe organizada, não podemos atacar de qualquer jeito mesmo precisando do resultado, além de termos tranquilidade. Sabemos que em uma final os nervos ficam à flor da pele, muita tensão no ar e se formos para São Caetano de qualquer jeito podemos nos complicar ainda mais. Temos que jogar com calma e tranquilidade, já que estamos criando e tendo bastante chances na partida e temos que transformá-las em gol. Acho que assim que venceremos a partida lá”, explicou o meia.

Antes referência, a defesa do XV viu a média de gols sofridos aumentar nos últimos jogos, mas, para o meia, quando a equipe sofre um gol, os 11 jogadores são responsáveis. “Nosso primeiro defensor é o (Raphael) Macena. Nossa marcação começa com ele, depois vem eu e os outros jogadores do ataque, já que a pressão começa lá em cima para a bola chegar mascada lá atrás. Quando sofremos um gol, a culpa não é defesa, mas também do ataque que não conseguiu marcar. Se formos uma equipe que consiga equilibrar o ataque com a defesa, conseguiremos sair de lá vencedores”, disse Cássio.

Mesmo com a derrota, Cássio disse que a equipe não se abalou psicologicamente, já que teve uma boa atuação apesar do revés. “Se fosse uma partida em que jogamos mal, com certeza abalaria, mas a nossa atuação foi muito boa. Por mais que tenhamos perdido no Barão, acredito que a nossa partida foi positiva, já que fomos pra cima, sufocamos eles, mas infelizmente perdemos. Creio que se jogarmos um pouco mais concentrados e mais atento aos detalhes, acredito que poderemos sair de lá como vencedores”, comentou.

Por fim, Cássio falou de como espera ver o São Caetano jogar, já que, quando estiveram a frente do placar no segundo jogo contra o EC São Bernardo e com o próprio XV, o Azulão jogou mais recuado. “Temos que treinar dentro de aquilo que esperamos encontrar na partida. Acredito que mesmo jogando em casa, eles (São Caetano) jogarão atrás, mas temos que estudar as duas maneiras do adversário jogar, nos pressionando ou ficando na retranca, temos que estar preparados para todas essas situações. Treinaremos a semana inteira para chegarmos lá preparados”, finalizou.

Mauro Adamoli

[email protected]