Peças customizadas para todos

Estudos tecnológicos criam modas para se adaptar às mulheres. (Foto: Amaro)

Quem se lembra daquela série animada chamada ‘Os Jetsons’ em que contava a história de uma família no futuro e a moda futurista eram cabelos em pé e roupas coloridas, ou então o famoso fi lme ‘De volta para o futuro 2’, em que as roupas são inteligentes e se adéquam ao corpo do inwwdivíduo. Ambas as obras são do século passado, e apesar de não estarmos no mesmo nível ficcional, a tecnologia está próxima na moda.

A Amaro abraçou essas ideias futuristas e desenvolveu uma moda inteligente no qual as roupas foi criada por meio do DNA para adaptarem nos corpos variados das brasileiras. Segundo o CEO da empresa, Dominique Oliver, essa coleção que se adapta a mulher ao invés da mulher ter que se adaptar a moda é algo revolucionário na moda brasileira.

A empresa procurou um laboratório de genética e reuniram um time diverso de mulheres, de várias regiões, foram coletados os materiais genéticos com amostras de saliva das mulheres. O motivo de tal feito foi para entender com mais a profundidade as informações das mulheres e seu público.

A inspiração para o desdobramento nesse mergulho genético se baseou principalmente na ancestralidade, características de personalidade, atributos preferenciais pelo dia ou noite e tonalidades diferentes. Após o resultado do laboratório foram descobertas mais de 700 mil regiões diferentes em que os ancestrais dessas mulheres passaram.

A geneticista Juliana Saquete comentou que fi cou surpresa com a ideia, mas a inovação utiliza as características genéticas para a obtenção de peças de vestuário customizado a agradou. “Foi a primeira vez que vi algo do tipo acontecer e todo o resultado foi realmente surpreendente!”, afirma.

Para a cientista, os tipos de relatórios personalizados em características genéticas vêm apenas para beneficiar, para que possamos escolher produtos que possuam mais a ‘nossa cara’, podendo chegar a cosméticos que se adéquem melhor às necessidades da pele de cada pessoa, produtos capilares que possam nutrir cabelos apenas com o essencial para cada tipo de couro um e como neste caso, vestimentas personalizadas de acordo com nossas preferências e características. “Só existem benefícios na personalização de serviços desse tipo” finaliza Julia.

A fashionista Loo Nascimento apresentou impulsividade média, desdobrada em estampa mais marcante, além das modelagens leves e tecidos confortáveis de fi bra natural, priorizando conforto, avaliando a forma de lidar com o estresse.

Larissa Anunciato
[email protected]