Pescadores são multados em R$ 3.280 após serem flagrados em local proibido

Dois pescadores foram multados em R$ 3.280, no total, após serem flagrados pescando em local proibido às margens do Rio Piracicaba, no bairro São Luiz, em Piracicaba, nesta terça-feira (8). Eles estariam usando uma vara de bambu à aproximadamente 100 metros de corredeira, sendo este local interditado para pesca conforme Instrução Normativa do Ibama n° 025/2009.
Segundo a Polícia Militar Ambiental, uma equipe participava da “Operação Servir e Proteger”, que está sendo realizada durante o período de piracema. Quando os policiais teriam flagrado duas pessoas pescando em um barranco com vara de bambu, linha e anzol à aproximadamente 100 metros de corredeira.
De acordo coma corporação, o local está interditado para pesca conforme a Instrução Normativa do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) n° 025/2009.
Os policiais elaboraram auto de infração ambiental com sanção de multa simples no valor de R$1640,00 para cada um, além da apreensão do petrecho de pesca. Foram capturado três sardelas e três mandis. Após verificarem que os peixes ainda estavam vivos, foram soltos ao rio.
OUTRO CASO
Durante outra ocorrência distinta realizada pela PM Ambiental, na terça-feira (8), no Jardim Gilda, os policiais encontraram duas aves “Periquitão Maracanã”, que eram mantidos em cativeiro. A moradora da casa confessou aos policiais que não tinha autorização para mantê-los em casa.
Os policiais fizeram um auto de infração ambiental de advertência. As aves permaneceram provisoriamente com a mulher, devido à impossibilidade de serem recebidos pelo Centro de Reabilitação de Aves de Araras, por falta de espaço.

 

(Cristiani Azanha)