Pesquisa aponta que maioria dos comerciários é a favor de trabalhar nos feriados

Dados do Sincomerciários mostram que 57,25% dos trabalhadores não se opõem ao trabalho nestas datas. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

Pesquisa encomendada pelo Sincomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio de Piracicaba e Região) aponta que 57,25% dos trabalhadores do setor não se opõem a trabalhar nos feriados. O levantamento foi feito pela empresa Polo Pesquisas e ouviu 400 funcionários de diferentes regiões da cidade.

Os números apurados durante o mês de outubro mostram que 42,75% dos comerciários são contra o trabalho nos feriados, enquanto 30,50% se dizem a favor e outros 26,75% são indiferentes à abertura das lojas nos feriados.

De acordo com a entidade, Piracicaba tem um total de 23.489 comerciários e 6.171 estabelecimentos comerciários. A margem de erro da pesquisa é de 4,8%.

De acordo com a assessora jurídica do Sincomerciários, Vivian Previde, a pesquisa vai servir como argumento para a próxima reunião da pauta de reivindicações do dissídio coletivo da categoria.

Segundo a advogada, os comerciários entrevistados deixaram evidente que trabalhar no feriado é uma forma de aumentar o salário que, em media é de R$ 1.604, em Piracicaba.

A pesquisa apontou que 67,75% dos comerciários entrevistados avaliam como justo o valor recebido pelo trabalho no feriado.

Para o diretor executivo da empresa responsável pela pesquisa, Paulo Ricardo Gomes, o número de trabalhadores contrários ao trabalho no feriado é de cerca de 10 mil. “Esse número pode aumentar caso ocorra a retirada dos benefícios para o trabalho no feriado”, observou.

A manutenção dos benefícios para o trabalho no feriado é o principal impasse na definição da campanha salarial deste ano. Os empresários querem a desoneração do feriado. Atualmente os comerciários recebem 100% de horas extras, uma folga compensatória, que chega a cerca de R$ 200. A categoria, Segundo o presidente do sindicato, Vitor Roberto, não está disposta a abrir mão desse benefício, único definido em convenção coletiva.

A diretoria do Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista de Piracicaba) informou ontem que ficou satisfeito com a pesquisa feita com os comerciários da cidade que mostra que 57,25% dos trabalhadores do varejo local não são contrários a trabalhar nos feriados. “Como já é sabido, muitos colaboradores trabalham com comissão e aproveitam os feriados para aumentar os rendimentos, além dos benefícios que recebem”, explicou Itacir Nozella, presidente do Sincomércio Piracicaba.

De acordo com ele, o trabalho nos feriados de novembro não está vinculado à negociação da nova convenção coletiva. “Com os dados dessa pesquisa em mãos, que mostra que 70% dos comerciários são favoráveis ao trabalho nos feriados para aumentar a renda, seria muita irresponsabilidade do Sindicato dos Empregados do Comércio de Piracicaba não fazer um aditamento na convenção atual e negar esse benefício aos trabalhadores”.

Beto Silva
[email protected]