Pinacoteca sedia exposição de esculturas

Parte do acervo de esculturas selecionadas para as diversas edições do SBA (Salão de Belas Artes) de Piracicaba compõem exposição instalada atualmente na Pinacoteca Municipal Miguel Dutra. Na mostra estão reunidas obras de artistas piracicabanos e de outras cidades que fizeram parte das 65 edições da tradicional mostra artística. A coleção do acervo fica disponível para visitação até dia 27 de janeiro. O horário de funcionamento da Pinacoteca é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 14h às 18h. A entrada é gratuita.
 
A mostra é composta por 25 esculturas que abrangem diversas épocas, como as dos anos 1965, 1968 e 1975. Há, também, peças que foram escolhidas para salões mais recentes. De acordo com o diretor da Pinacoteca Municipal, o artista plástico Eduardo Borges de Araújo, as obras fazem parte da reserva técnica do órgão, que é integrada por obras adquiridas por meio dos prêmios aquisitivos do SBA e outros salões promovidos pela SemacTur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo). O Salão de Belas Artes é uma mostra figurativa de linguagem acadêmica tradicional e acontece há 65 anos ininterruptamente. “Foi o primeiro evento criado em Piracicaba, para comemorar o aniversário da cidade, portanto, o Salão de Belas Artes é importante historicamente e artisticamente”, comentou Araújo.
 
Nesta exposição, fazem parte esculturas de diversas técnicas, entre elas pedra sabão, terracota, gesso, madeira, bronze e diferentes tipos de metais. Entre os autores estão Virginia Welch, Lauriano de Oliveira Dorta, Aldo Menegon Neto, Dirceu Américo dos Santos, Dirceu Gomide Corte Real, Lélio Coluccini, Paulo Vancelloti, Alzira Ballestero, Alfredo Oliani, Eloísa Bonádio, Antônio Gomes, Alfredo José Ricardo, Marco Antônio Cavallari, Adoil José da Costa, Temistocles Alves, Massao Fugi e Antônio Lázaro Andreoli.
 
É tradição, entre janeiro e fevereiro, a Pinacoteca Miguel Dutra sediar uma exposição a partir do próprio acervo, que é composto, atualmente, por cerca de 800 obras, vindas também do SAC (Salão de Arte Contemporânea) e do SAP (Salão de Aquarelas de Piracicaba). “O objetivo da Pinacoteca é mostrar a diversidade da reserva técnica, até porque a maioria dos artistas do catálogo já é de falecidos e é uma oportunidade rara observar suas obras. Tem anos em que a exposição é com quadros, contemporâneos ou acadêmicos, além de outras técnicas. São obras que estão conosco há muito tempo e são verdadeiras preciosidades”, comentou Araújo, que organizou a mostra atual ao lado de Everson Bonazzi, responsável pela preservação e higienização do acervo da Pinacoteca.
 
2018 — Para a programação de 2018, Araújo relatou que a maior mudança ocorre com o SAP, que, ao invés de ser realizado em abril, como em todos os anos desde sua estreia, acontecerá em junho. Outras exposições já confirmadas neste ano para a casa de cultura são do pintor Marcelo Romani Araújo, em março, e também da escultora Alaídes Puppin. As mostras realizadas pela Apap (Associação Piracicabana dos Artistas Plásticos) seguem integrando o calendário, como a Mostra Almeida Jr. e o Salão Joca Adamoli de Arte Contemporânea.
 
SERVIÇO — Mostra de esculturas do acervo do SBA, na Pinacoteca Municipal Miguel Dutra (rua Moraes Barros, 233, Centro). Visitação: até 27 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 14h às 18h. Entrada gratuita. Informações: (19) 3433-4930.