Piracicaba escolhe Bolsonaro e Dória no segundo turno

bolsonaro Bolsonaro teve 78,51% dos votos e Dória ficou com 63,09%. ( Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) obteve maioria dos votos em Piracicaba, neste segundo turno. De acordo com os números da Justiça Eleitoral, ele foi eleito com 158.008 dos 201.268 votos válidos, representando 78,51%. Do total de eleitores que compareceram às urnas, 43.260 votaram no candidato do PT, Fernando Haddad, que ficou com 21,49% dos votos. A diferença verificada entre os dois candidatos em Piracicaba ficou bem acima do cenário nacional, em que o militar reformado e o ex-prefeito de São Paulo obtiveram, respectivamente, 55,13% e 44,87%. Ainda de acordo com os números da Justiça Eleitoral, as eleições de domingo em Piracicaba resultaram em 11.140 votos brancos (4,93%), 29.354 nulos (12,98%) e abstenção de 62.937 eleitores, representando 21,77%.

O segundo turno das eleições ocorreu de maneira tranquila e com menos ocorrências em comparação ao primeiro turno, segundo afirmaram os juízes dos três cartórios eleitorais da cidade. De acordo com José Fernando Seifarh de Freitas, responsável pela 93ª Zona Eleitoral, houve ocorrências com urnas nas seções do cartório, em uma delas a eleitora narrou não ter conseguido votar para presidente, porque o sistema não retornou após ela teclar a opção corrige.para o voto de governador, nas outras três os eleitores alegaram que a foto do candidato para presidente não apareceu. ”Essas ocorrências ficam registradas em ata e o juiz vai apurara o que ocorreu, mas foi um segundo turno tranquilo”, concluiu.

O responsável pela Zona Eleitoral 244, que abrange também as cidades de Rio das Pedras e Charqueada, Luiz Antônio Cunha citou que alguns eleitores confundiram a ordem dos candidatos e em algumas seções houve queda de energia. “Mas, foram problemas simples sanados logo em seguida”, explicou o juiz auxiliar. Já a 270ª Zona eleitoral que, além de Piracicaba, engloba os municípios de Saltinho e Piracicaba, apenas uma eleitora confundiu a ordem dos candidatos na urna eletrônica. “Fora isso, não houve nenhuma intercorrência”, explicou o juiz Maurício Habice.

Das três zonas eleitorais de Piracicaba, a 93ª registrou o maior percentual de votos para o candidato Jair Bolsonaro. De acordo com os números do cartório, dos 73.807 votos válidos, 59.435 deles, foram para o presidente eleito, perfazendo 80,53% dos votos. Nesta zona, 14.372 eleitores votaram no petista, 19,47%.

GOVERNADOR — Para o governo estadual, Piracicaba elegeu com folga o candidato do PSDB, João Doria. O tucano obteve 128.171 votos contra 57.500 destinados ao atual governador, Márcio França. Em percentual, os candidatos receberam 69,03% e 30,97%, respectivamente. No panorama geral, em todo o Estado de São Paulo a diferença entre os dois candidatos ficou bem apertada. De acordo com os números do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Doria conquistou 51,75% dos votos dos paulistas enquanto França ficou com 48,25% dos 21,239 milhões de votos válidos.

(Beto Silva)