Piracicabano lança HQ autoral

laçamento Gustavo Piacentini visitou a redação do JP para mostrar parte de suas obras. ( Foto: Claudinho Coradini/JP )

Gustavo Piacentini, mestre em língua e literatura inglesa pela FFLCH-USP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo) e professor do ensino médio na rede pública e particular desde 2008, lança dia 9 de novembro, na Guilda Colecionáveis (no centro da cidade), sua primeira HQ autoral: “The Guardian: em busca da luz”, um projeto selecionado pelo ProAC 2017. A história em quadrinhos conta a aventura em um mundo de fantasia medieval inédito, semelhante a mundos de fantasia como o de O Senhor dos Anéis, Game of Thrones e Warcraft.

“Essa HQ é um sonho que ficou guardado por 15 anos. Sempre gostei de histórias em quadrinhos, mas o projeto ficou engavetado por todo esse tempo por causa dos estudos. Quando terminei, voltei a desenhar e decidi inscrever o meu projeto no ProAC. Tentei por três vezes em 2014, 2016 e ano passado, quando consegui. O que me motivou foi a vontade de ter um sonho concretizado. Fiz tudo sozinho, desenhei, pintei, mexi com o roteiro, mudei a história, adaptei, reescrevi. Recebi os 1.500 exemplares no mês passado e o lançamento oficial será no próximo dia 9 de novembro. É a realização de um sonho”, comentou o piracicabano.

Além disso, Piacentini já participou de quadrinhos independentes financiados coletivamente (Scar: os quatro cavaleiros do apocalipse, 2016 e Mapinguari, 2017), fez todas as capas do livro Pequenas Histórias (2010-2015), projeto da E.E. Pedro de Mello e já foi selecionado no Salão Internacional de Humor de Piracicaba (2011-2012). “O ProAC é um edital de fomento à Cultura que age em diversas frentes e as histórias em quadrinhos é uma destas. Os projetos selecionados neste edital recebem uma verba para produção e divulgação do quadrinho. Além disso, o proponente selecionado necessita oferecer uma contrapartida para a sociedade, garantindo o acesso à produção realizada”, explicou.

The Guardian: em busca da luz ofereceu como contrapartida social a doação de 100 exemplares para a própria secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (item obrigatório no edital), 132 exemplares à Diretoria Regional de Ensino de Piracicaba, em 4 de outubro, inclusive, uma sessão de autógrafos, dez exemplares para a Biblioteca Municipal, dez para o Centro de Reabilitação, dez para o Lar Betel e outros dez para a E.E. Pedro de Mello, onde leciona. Ao todo, o projeto doou 272 exemplares. O autor ainda ofereceu, gratuitamente, uma oficina sobre o edital proAC e a produção da HQ, em Rio Claro e uma oficina de histórias em quadrinhos em escolas públicas de Santa Bárbara e Piracicaba.

(Raquel Soares)