Piracicabanos conquistam título do Brasileiro de Kart Cross

corrida Felipe e Thiago buscam agora a conquista do título estadual da categoria. ( Foto: Victor Lara/Divulgação)

Não faltou emoção na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro de Kart Cross, definido no dia 30 de setembro, em Cordeirópolis. Em etapa cheia de reviravoltas, quem se deu bem foi um piracicabano: Felipe De Nadai, campeão nacional na categoria 250 cilindradas. De quebra, o irmão Thiago De Nadai ainda garantiu para a equipe a segunda colocação geral no Brasileiro. “Com certeza, foi o nosso melhor resultado, a maior conquista que conseguimos. Depois de muito trabalho e dedicação, é gratificante ver os dois pilotos no topo do ranking dos pilotos brasileiros de kart cross”, afirmou Felipe.

A competição foi dividida em duas etapas, sendo a primeira na cidade de Luis Eduardo Magalhães (BA). Na ocasião, Felipe ficou em segundo lugar e Thiago obteve a quarta colocação. “Nós tivemos muitos problemas, o equipamento não estava bem acertado e solo baiano proporcionou muita dificuldade nos acertos. Além disso, andamos em uma pista nova, mas tivemos ótimos resultados. Saímos na briga pelo título, com uma distancia pequena em relação ao líder”, relatou o piloto da equipe De Nadai Racing. Na Bahia, o grid foi formado por 28 pilotos.

A segunda etapa do Nacional, que reuniu 25 competidores, foi disputada no interior paulista e teve domínio total da dupla piracicabana. Os irmãos dominaram os treinos livres, alternando na liderança. O jogo de equipe, segundo Thiago, funcionou conforme o planejado. “Nós trocamos informações e isso fez com que os dois fossem cada vez mais rápidos”, contou. Felipe conquistou a pole position e Thiago largou em segundo na primeira corrida, porém, logo no início, Thiago caiu para a 12ª posição e teve que fazer uma prova de recuperação, chegando na segunda colocação. Felipe venceu de ponta a ponta.

Para a segunda bateria em Cordeirópolis, houve a inversão de grid prevista pelo regulamento para os oito primeiros. Mais uma vez, os irmãos De Nadai foram bem e ‘escalaram’ o pelotão para assumir a liderança. O imprevisto, porém, foi um erro cometido por Felipe. Assim, Thiago herdou o primeiro lugar fechou a prova no lugar mais alto do pódio. Com os resultados, ele assumiu naquela altura a segunda posição no campeonato, enquanto Felipe, na somatória geral, abriu boa margem para os adversários, o que deixaria o piracicabano mais tranquilo para confirmar o título.

DECISÃO

No treino de classificação para a terceira e última corrida, os piracicabanos encontraram dificuldades. Felipe largou em terceiro e Thiago foi apenas o sétimo colocado. Após a largada, a dupla teve postura agressiva na pista e, com o segundo lugar de Felipe e o quarto de Thiago, garantia matematicamente o título e o vice para a equipe. Mas, faltando três voltas, o kart de Thiago perdeu o freio, o que custou várias posições. No entanto, o concorrente direto pela segunda posição teve um pneu furado e precisou abandonar a corrida.

A dose de ‘sorte’ dos piracicabanos aumentou com a desclassificação do primeiro colocado. Assim Felipe, venceu a prova final e Thiago fez o suficiente para ficar com o vice-campeonato nacional em Cordeirópolis. “Nós ficamos muito felizes com os resultados, mas o trabalho não para. Temos ainda o Campeonato Paulista em disputa e estamos na briga, nas duas primeiras posições da competição. Em 2019, o objetivo é manter a liderança, mas sabemos que será cada vez mais difícil, uma vez que os concorrentes também vão evoluir e as disputas ficarão cada vez mais acirradas”, finalizou Felipe.

( Líder Esportes)