PM Ambiental faz Operação Pré-Piracema

peixe Equipes intensificam patrulhamento náutico. ( Fotos: Claudinho Coradini/JP)

As fortes chuvas anteciparam o período da Piracema, quando ocorre a desova dos peixes na Bacia Hidrográfica do rio Paraná, que inclui Piracicaba. Pensando nisso, a Polícia Militar Ambiental desencadeou a Operação Pré-Piracema desde a última sexta-feira (26) e terminará na próxima quarta-feira (31).

O tenente Ivo Fabiano Morais, que responde pelo 3º Pelotão da PM Ambiental, explicou o período em que antecede a piracema é muito complicado, pois alguns peixes já iniciaram a migração para a reprodução, o que acaba sendo um atrativo para os pescadores. “Por isso, intensificamos o patrulhamento náutico em várias regiões”, comentou o tenente. Como ocorreu no último sábado (27), quando três homens foram flagrados pescando munidos de caniços de nylon simples, em confluência de um afluente do rio Corumbataí, no bairro Tamandupá. Com eles, os policiais encontraram um quilo de pescado (lambari). Os abordados foram multados em R$ 2.160, no total. Além de terem os petrechos de pesca apreendidos. O pescado apreendido foi solto no rio.

Durante outra abordagem distinta realizada no mesmo dia durante patrulhamento pela avenida Jaime Pereira, no bairro Jupiá, as margens do rio Piracicaba. Os policiais surpreenderam dois homens pescando com dois caniços de nylon a 100 metros de uma corredeira. Eles receberam sanção de advertência.

PIRACEMA — O tenente explicou que a piracema começará à 0h01 do dia 1º de novembro. A PM lembra que conforme a Instrução Normativa Ibama n°25 de 2009, fica proibida a pesca para todas as categorias e modalidades em: lagoas marginais; a menos de 500 metros de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto; até 1.500 metros a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimentos hidrelétrico e de mecanismo de transposição de peixes; até 1.500 metros a montante e a jusante de cachoeiras e corredeiras e demais locais previstos no artigo 3º da Instrução Normativa.

(Cristiani Azanha)