PM Ambiental reforça fiscalização durante a piracema

Fiscalização foi intensificada pela polícia: proibições de pesca mais severas. (Foto: Amanda Vieira/JP)

(Confira o vídeo)

Os policiais militares ambientais estão intensificando o patrulhamento durante o período de piracema que segue até 28 de fevereiro de 2019, quando ocorre o defeso da reprodução natural dos peixes na bacia hidrográfica do rio Paraná, que inclui Piracicaba.
A partir de agora passa a valer a instrução normativa Ibama n°25 de 2009, que proíbe a pesca para todas as categorias e modalidades em: lagoas marginais; a menos de 500 metros de confluências e desembocaduras de rios, lagoas, canais e tubulações de esgoto; até 1.500 metros a montante e a jusante das barragens de reservatórios de empreendimentos hidrelétrico e de mecanismo de transposição de peixes; até 1.500 metros à montante e à jusante de cachoeiras e corredeiras e demais locais previstos no artigo 3º da Instrução Normativa.

(Cristiani Azanha)