PM apreende arma exibida a funcionários de empresa

arma Revólver calibre 38 e 15 minuções foram apresentados no plantão. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar apreendeu um revólver calibre 38 com 15 munições, que teria sido exibido para os funcionários de uma empresa, no bairro Campestre. O responsável pela arma conseguiu se misturar entre os demais trabalhadores e conseguiu escapar da abordagem. A arma com as munições foram apreendidas.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada pelo Copom (Centro de Operações da Polícia) sobre um suspeito que estaria portando uma arma de fogo, a qual exibia a outros funcionários. Depois, o suspeito teria guardado o armamento debaixo do banco do motorista de um veículo GM Classic.

Os policiais estiveram na empresa das 14h30 até as 18h30, mas não conseguiram localizar o responsável pela arma, pois ele se escondeu no interior da empresa, assim que percebeu a aproximação dos policiais.

Os PMs localizaram os responsáveis pela firma, mas ninguém soube informar onde estaria o referido funcionário. Eles observaram, pelo parabrisa do veículo, que embaixo do banco do motorista tinha uma pochete aberta e conseguiram visualizar o cano de uma arma de fogo.

Os policiais localizaram um chaveiro profissional para abrir o veículo na presença de duas testemunhas. Assim foram localizados um revólver calibre 38 com numeração suprimida e mais 15 munições.

A arma e as munições foram apreendidas e apresentadas no plantão policial. O responsável foi identificado, mas não foi localizado pela polícia. Ele foi indiciado por porte ilegal de arma raspada.

TRÁFICO—Um homem foi preso acusado de envolvimento com o tráfico no Bosques do Lenheiro pela Polícia Militar durante uma abordagem de rotina. Ele foi surpreendido com 20 trouxinhas de maconha, 14 pinos de cocaína e R$ 24 em dinheiro. Questionado sobre o tráfico de drogas, o suspeito não teria confessado seu envolvimento e não informou quem seria o fornecedor do entorpecente.

Ele foi levado ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante e depois encaminhado à carceragem, enquanto aguardará para ser apresentado à audiência de custódia.

(Cristiani Azanha)