PM apreende revólver durante abordagem no Parque Primavera

Um aposentado de 52 anos foi flagrado com um revólver calibre 22 com seis munições no interior de um bar, no Parque Primavera, na noite de anteontem. Ele foi abordado por policiais militares que checavam uma denúncia anônima de que haveria um homem armado no interior do estabelecimento. O acusado foi encaminhado, em seguida, ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante sob acusação de porte ilegal de arma. O delegado Emerson Marinaldo Gardenal estipulou a fiança no valor de R$ 2.000, mas como o acusado não fez o pagamento, foi encaminhado para a cela anexa ao plantão policial.
 
De acordo com a Polícia Militar, por volta das 19h, os policiais da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) receberam uma denúncia anônima através do telefone 190 da corporação. O informante teria relatado que um homem estava armado dentro de um bar e informou ainda as características do suspeito.
 
Os policiais foram até o bar, onde surpreenderam o aposentado que tinha a mesma descrição informada pelo informante. O homem estava com a arma no bolso da calça.
 
O aposentado tentou se justificar alegando que portava a arma, porque estava sendo ameaçado de morte, mas não informou a identidade de quem poderia ser o suposto agressor.
 
Encaminhado ao plantão policial, o aposentado prestou depoimento ao delegado e depois foi encaminhado para a carceragem anexa ao plantão policial, enquanto aguarda ser apresentado ao Judiciário através da audiência de custódia, onde será decidido se o acusado permanecerá preso ou poderá responder o processo em liberdade.
 
A arma e as munições foram apreendidas e serão levadas para o IC (Instituto de Criminalística) para a realização de perícia. O laudo deverá ficar pronto no período de 30 dias.