PM prende homem com 50kg de cocaína pura na SP-147

Prisão aconteceu na tarde de ontem, após denúncia anônima, no bairro Marrafom, em Iracemápolis. (Foto: Divulgação)

Equipe da Polícia Militar do 10º Baep (Batalhão de Ações Especiais) de Piracicaba prendeu um homem, de 56 anos, suspeito de tráfico de drogas na rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147), no bairro Marrafom, em Iracemápolis, na tarde de ontem. O suspeito estava em uma carreta e, com ele, foram encontrados 58 tijolos de cocaína pura, o equivalente a 50 quilos.

De acordo com os policiais, durante deslocamento pela rodovia, a equipe de ações especiais recebeu a informação anônima de que, às margens da rodovia, havia uma carreta de cor branca, com placas de São Paulo e, ao lado, um homem – trajando calça jeans e camisa amarela – negociando drogas ao telefone.

No local informado pela denúncia foi abordado a pessoa, com as características informadas. Com ele, os PMs encontraram um aparelho celular e a quantia de R$ 775 (em espécie). Questionado sobre a denúncia, o suspeito demonstrou muito nervosismo “dando respostas evasivas acerca de seu itinerário”. Após certo tempo, o suspeito confessou passar por dificuldades financeiras e que aceitou o convite de um indivíduo para realizar transporte de drogas, tendo se deslocado da cidade de Itaquaquecetuba/SP até o Mato Grosso do Sul, onde fez o carregamento do entorpecente. De acordo com a PM, o homem disse que receberia o pagamento de R$ 5 mil para fazer o transporte da droga.

Na vistoria da carreta, após indicação do suspeito, os policias do 10º Baep localizaram 58 tijolos de cocaína pura acondicionados em um fundo falso.

Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão, em flagrante, ao suspeito por tráfico de entorpecentes e conduzido até a Delegacia da Polícia Federal de Piracicaba.

BAEP

Com inauguração prevista para as 11h, de 16 de dezembro, o 10º Baep de Piracicaba fica na rua Maringá, 450, no bairro São Francisco, onde funcionava a Faculdade Imaculado Coração de Maria. A partir do dia 4 de novembro, os novos oficias começam seus treinamentos.

Felipe Poleti
[email protected]