PM procura criminosos que mataram cabo no Complexo do Alemão

PM procura criminosos que mataram cabo no Complexo do Alemão
Fonte: Agência Brasil

Um dia depois do cabo da Polícia Militar, Rafael dos Santos Neves, 39 anos, ter sido morto por traficantes de drogas na localidade da Fazendinha, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio, o Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar está realizando desde o final da madrugada de hoje (4) uma operação contra o crime organizado em várias comunidades do local. Devido à ação, dezenas de escolas da rede pública de ensino ficaram sem aula, por medida de segurança. Postos de saúde na região também não abriram para atendimento aos moradores.

O cabo Rafael e outros dois militares lotados na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Alemão foram atingidos ontem a tiros quando desciam da viatura na localidade da Fazendinha, tendo sido atingidos por criminosos em  emboscada. O cabo Rafael morreu a caminho do hospital. Os outros dois militares foram socorridos e não correm risco de morte.

O Jornal Voz das Comunidades, que é editado no Complexo do Alemão, usou hoje as redes sociais para alertar aos moradores:

“Atenção Moradores, Hoje o clima no morro não está muito tranquilo e algumas pessoas já relatam invasões de casas. Além disso, recebemos informações de que policiais estão ameaçando levar para averiguação aqueles que estiverem sem documento de identificação. Por isso, todo cuidado é pouco! Não saiam de casa sem suas identidades.Vale informar que em casos de violações, vocês podem entrar em contato com a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) para buscar ajuda.

A Comissão atende de 10h às 17h através do telefone (21) 2588-1660. Busquem seus direitos!”

Em nota, a Polícia Militar informou que a ação no Complexo do Alemão tem a finalidade de localizar os criminosos responsáveis pela morte do cabo Rafael nesta terça-feira (3).

Até o momento, um homem foi conduzido para a Cidade da Polícia. Duas granadas, munição de fuzil automático AK-47, cinco kg de pasta base de cocaína e 649 tabletes de maconha foram apreendidos, o que corresponde a quase uma tonelada da droga.

PM procura criminosos que mataram cabo no Complexo do Alemão