Polícia Civil de Capivari esclarece latrocínio; quatro suspeitos foram presos

Peritos do IC e bombeiros localizaram o corpo da vítima. (Divulgação/Polícia Civil)

Quatro suspeitos de envolvimento em um latrocínio (roubo seguido de morte) foram presos nesta segunda-feira (5) pela Polícia Civil de Capivari. A vítima era um rapaz de 28 anos que teria se desentendido com os suspeitos em um bar da cidade de Cesário Lange, a 71 quilômetros de Capivari. De acordo com a investigação, os três acusados, armados com uma faca, teriam obrigado que a própria vítima dirigirisse seu próprio veículo até um beco escuro, onde foi golpeada seguidas vezes na região do pescoço. Em seguida, o rapaz ferido foi colocado no banco traseiro do veículo e seguiram até próximo a um riacho, onde o corpo da vítima, que já estava morta, foi arrastado. O crime aconteceu entre a noite de domingo (4) e madrugada de segunda-feira (5).

Ainda conforme a Polícia Civil, o trio usou o carro da vítima para buscar outro homem, em Capivari. No mesmo dia, eles roubaram a bolsa de uma mulher em Rafard. Eles também teriam trocado o radioautomotivo da vítima em um ponto de venda de drogas, por algumas porções de entorpecentes. Os suspeitos foram abordados posteriormente em Capivari pela Polícia Militar. Levado à delegacia da cidade, o quarteto  foi reconhecido por uma testemunha como os responsáveis pelo roubo de uma bolsa em Rafard.

Polícia Civil desconfiou de sangue no carro (Divulgação/Polícia Civil)

 

Após a prisão dos quatro suspeitos, a Polícia Civil desconfiou do excesso de sangue encontrado no banco traseiro do veículo usado por eles, além do fato de que a documentação do carro não estava em nome de nenhum dos acusados. Preliminarmente, disseram que eram inerentes a cortes de frango, diante das suspeitas a delegada responsável  Maria Luisa Dalla Bernardina Rigollin após um dos indivíduos confessar os fatos e a ocultação do cadáver a equipe da Polícia Civil se deslocou  até o município de Cesareo Lange onde o cadáver da vítima de latrocínio fora encontrado num riacho na estrada da Barroca Funda, de onde havia sido arremessado e arrastado.

Diante das ponderações lançadas os quatro foram presos em flagrante delito. A delegada responsável deliberou pela prisão em flagrante pelos crimes de latrocínio, roubo, associação criminosa e ocultação de cadáver e representado pela prisão preventiva de todos.

Caso foi esclarecido pela Polícia Civil de Capivari (Peritos do IC e bombeiros localizaram o corpo da vítima. (Divulgação/Polícia Civil)

 

 

Cristiani Azanha

crisazanha@jpjornal.com.br