Polícia Civil de Piracicaba prende procurado por estuprar enteada de 7 anos em Guararapes

Foragido foi levado para a UPJ. (Reprodução)

A Polícia Civil prendeu um rapaz de 26 anos, que estava escondido na casa de sua irmã em Piracicaba, na tarde desta segunda-feira (10). Ele tem mandado de prisão decretado pela Justiça pelo estupro de sua enteada de sete anos, que teria ocorrido na cidade de Guararapes, no interior do estado, a mais de 430 quilômetros de distância de Piracicaba. A ação foi realizada pelos investigadores da UIP (Unidade de Inteligência Policial), do Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior) e o GOE (Grupo de Operações Especiais).

De acordo com a investigação, os policiais apuraram que o suspeito teria abuso sexualmente da criança, no dia 5 de junho, em Guararapes e depois fugiu. Desde o ocorrido, ele teria se mudado para a casa de sua irmã em Piracicaba. A 2ª Vara Criminal do Foro de Guararapes decretou o mandado de prisão por estupro de vulnerável, no mesmo dia de sua prisão, nesta segunda-feira (10). Segundo os policiais, o acusado chegou a ter conjunção carnal com a vítima, que teria ficado ferida após o ocorrido.

Os  policiais civis estiveram na residência da irmã do acusado, onde ele foi encontrado na sala do imóvel. Ele foi informado pelos investigadores sobre o cumprimento do mandado de prisão e não teria resistido à abordagem.

O foragido da Justiça foi conduzido para sede da UPJ (Unidade de Polícia Judiciária), onde prestou depoimento, depois foi conduzido para o exames no IML (Instituto Médico Legal), antes de ser levado provisoriamente para uma cela separada dos outros presos na carceragem. Ele será transferido nos próximos dias à Cadeia de Sorocaba, unidade mais próxima, que aceitam envolvidos em crimes sexuais, por questões de segurança, pois os demais presos não aceitam o convívio com suspeitos desses tipos de crimes.

 

Cristiani Azanha