Polícia Civil fecha o cerco contra tráfico interestadual

Arma, droga e dinheiro apreendidos (Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil deflagrou a Operação ‘Rota Ponta Porã’, na sexta-feira (11) . Um homem de 32 anos que seria suspeito em manter uma base de apoio para distribuição de entorpecente foi preso em sua residência, em São Pedro. No interior do imóvel, os investigadores localizaram uma pistola semiautomatica, calibre 380, com numeração raspada, com respectivo carregador contendo 15 munições intactas, uma quantia em dinheiro, veículos, anotações indicando possivelmente a contabilidade do tráfico de drogas e aparelhos celulares. Levado à sede da DIG/Dise (Delegacia de Investigações Gerais e Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), o acusado foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma, mas será investigado no envolvimento com o tráfico de drogas.

Durante a ação, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão na região, 16 pessoas foram abordadas, seis veículos e um estabelecimento, além de três veículos, dez celulares, uma arma de fogo, munições, anotações e R$ 18.161,00 em dinheiro.

Participaram da operação, 58 policiais civis, distribuídos em 18 viaturas da DIG/Dise, GOE (Grupo de Operações Especiais) do Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), Rio das Pedras e das seccionais de Americana e de Rio Claro. A ação foi coordenada pelo delegado Vagner Rogério Romano.

INVESTIGAÇÃO

Os policiais apuraram uma associação de criminosos do município de Ponta Porã (PR) para o desenvolvimento do tráfico de drogas interestadual. As porções de entorpecentes, armas e demais objetos apreendidos foram encaminhados para a perícia no IC (Instituto de Criminalística). O laudo deverá ficar pronto no período de 30 dias. A investigação continuará a ser realizada pelos policiais na tentativa de identificar outros envolvidos no esquema.

 

Cristiani Azanha

[email protected]