Polícia Civil prende trio que amarrou vítima de 69 anos durante roubo

Pertences da vítima foram apreendidos. (Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil esclareceu um roubo a residência e identificou três pessoas – dois homens e uma mulher – que teria participado da ação criminosa. Os acusados teriam invadido a residência de uma idosa de 69 anos, que foi amarrada durante o assalto. O trio foi preso nesta terça-feira (16), no bairro Santa Rita pelos policiais civis da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), UPJ (Unidade de Polícia Judiciária, com apoio da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e GOE (Grupo de Operações Especiais). A investigação foi coordenada pelo delegado Vagner Rogério Romano.
Segundo a Polícia Civil, o roubo a mulher ocorreu há 30 dias, envolvendo dois homens e uma mulher. A vítima foi amarrada, enquanto o trio vasculhava a casa.

As equipes da DIG e UPJ passaram apurar o caso, e conseguiram chegar as respectivas identidades dos supostos envolvidos.

Os policiais se dividiram para localizar os suspeitos que poderiam ser localizados em residências de familiares.
Durante as diligências, os três autores foram detidos, sendo ainda localizados diversos pertences da vítima, além de duas armas de fogo – uma espingarda calibre 36 e uma espingarda calibre 12 de cano serrado, sendo esta última a arma utilizada pelos criminosos para render a vítima.
Os três criminosos foram presos em flagrante pelas acusações de associação criminosa e posse ilegal de armas.

O trio permaneceu preso na carceragem, após prestar depoimento. Os homens e a mulher serão apresentados posteriormente para as respectivas audiências de custódia. O delegado também pediu pela prisão preventiva dos três pela prática de roubo qualificado.

INVESTIGAÇÃO

Os trabalhos continuarão a ser realizados pelas equipes da delegacia especializada na tentativa de identificar se estariam envolvidos em outras ações criminosas na região durante o inquérito policial sobre o caso, que poderá ser encerrado no período de 30 dias.

Cristiani Azanha

crisazanha@jpjornal.com.br