Polícia Federal de Piracicaba deflagra Operação Granel

Os policiais federais de Piracicaba participaram na manhã desta terça-feira (13) da Operação Granel, voltada à repressão do crime organizado e do tráfico interestadual de drogas. O nome da operação se refere ao tipo de carga utilizado para transporte dissimulado das drogas. Foram cumpridos 15 mandados de prisão preventiva, 12 mandados de busca e apreensão e dez mandados de apreensão e sequestro de bens. As diligências ocorrem simultaneamente em Limeira, São Paulo, Arujá-SP, Dourados-MS e Fortaleza-CE.

A investigação teve início em agosto de 2017. Durante esse período foram apreendidos 1.146 Kg de cocaína (1,1 toneladas), 56,7 Kg de maconha, 1.393 Kg de produtos químicos (1,3 toneladas), um bitrem, dois automóveis e R$103 mil em dinheiro. Foram identificados e fechados três laboratórios de preparação de drogas em Limeira, Nazaré Paulista e Guarulhos, segundo a PF. A embalagem da droga era realizada em linha de produção (confira o vídeo).

Os presos ficarão à disposição da Justiça Criminal de Limeira e do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) de Piracicaba. Eles serão indiciados pelos crimes de organização criminosa, tráfico interestadual de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. As penas podem chegar a 53 anos de reclusão.