Polícia tenta prender 37 acusados de roubo de carga no Rio

Polícia tenta prender 37 acusados de roubo de carga no Rio
Fonte: Agência Brasil

Policiais civis cumprem hoje (26), com apoio do Ministério Público Estadual (MPRJ), 37 mandados de prisão preventiva contra acusados de envolvimento com roubo de cargas no Rio de Janeiro.

Segundo o MPRJ, eles foram denunciados por integrar uma quadrilha especializada em assaltar veículos de carga para consolidar o poder e financiar uma facção criminosa.
 
Ainda de acordo com o MPRJ, o grupo utiliza fuzis, pistolas e granadas para abordar as vítimas.

A carga roubada é levada para comunidades dominadas por uma facção e dali, carregadas para outros veículos para serem revendidas.
 
Os assaltantes usam, segundo o MPRJ, uniformes de polícia, bloqueadores de GPS e batedores para evitar abordagens policiais.

Eles ainda contam com o apoio de alguns motoristas de empresas de transporte de carga, que fornecem informações privilegiadas sobre os deslocamentos.
 
A base do grupo fica na Cidade Alta, no bairro de Cordovil, na zona norte do Rio, mas eles atuam em associação com quadrilhas especializadas na venda de drogas em outras comunidades como o Muquiço, a Vila Aliança, o complexo da Pedreira e o Complexo da Maré, além de favelas em São Gonçalo e na Região dos Lagos.
 
Entre os 37 denunciados há chefes do tráfico, assaltantes, seguranças privados, motoristas e batedores.

A denúncia é resultado de 10 meses de investigação conduzida em parceria pela 6ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal e pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC).

Polícia tenta prender 37 acusados de roubo de carga no Rio