Policial civil de Piracicaba sofre infarto e morre após retornar das férias

A oficial administrativa da Polícia Civil Luciana Denise Damasceno, nesta segunda-feira (20), aos 47 anos, após retornar das férias. Ela abria a sala do Cartório Central do 1º Distrito Policial de Piracicaba, quando teve um mal estar e desmaiou. Luciana foi socorrida pelos colegas ao Hospital Fornecedores de Cana, onde chegou a ser entubada, mas não resistiu. Ela teve um infarto, de acordo com a Polícia Civil. O sepultamento está previsto para às 10h desta terça-feira (21), no Cemitério Parque da Ressurreição. Luciana tinha dois filhos e um neto.

O diretor do Deinter-9 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior), Kléber Antonio Torquato Altale  disse que aos colegas que não estava se sentindo bem desde anteontem (domingo), pois reclamava que sentia um mal estar. “Após retornar das férias e assim que abriu o cartório continuou reclamando que ainda não estava bem. Um colega chegou a levá-la ao hospital, mas não resistiu. Ela era uma profissional exemplar. Dedicada tanto nas funções da delegacia, como no atendimento ao público”, disse Altale.

O investigador André Miyazaki disse que Luciana tinha mais de 20 anos dedicados à Polícia Civil. “Quando cheguei na cidade como investigador, ela já trabalhava na polícia. Luciana sempre foi uma amiga incrível e era da mesma forma no trabalho. Sempre estava com o sorriso no rosto e atendia todo mundo muito bem. Desde os colegas de trabalho como o público que procurava a delegacia”, disse o policial.

 

Cristiani Azanha

[email protected]