Poluição afeta a saúde da pele

Limpeza, tonificação e hidratação são essenciais .(foto: Divulgação)

Fumaça de cigarro, do escapamento de carros e das chaminés das fábricas: comuns nas grandes cidades, essas substâncias poluentes são verdadeiros venenos para a saúde da pele. Pesquisas mostram que a poluição tira oxigênio da pele e provoca o envelhecimento precoce. Da mesma forma, os radicais livres presentes no ar  – moléculas que, em excesso, podem ser tóxicas ao organismo – também diminuem a quantidade de colágeno, e como consequência, a camada cutânea perde elasticidade.

De acordo com a esteticista Thais Mugani, os impactos da poluição da saúde da pele acontecem a longo prazo. “A poluição é uma mudança indesejada nas características do meio ambiente, sendo elas físicas, químicas ou biológicas. Os impactos da poluição na pele são silenciosos, ao contrário da radiação solar”, explica.

Não é possível impedir que a poluição exista, mas algumas práticas podem ajudar que os seus efeitos sejam minimizados ou retardados.

Tudo começa na limpeza da pele, que jamais deve ser dispensada. A sujeira presente no ar pode obstruir os poros, desencadeando processos inflamatórios, além de favorecer a formação de cravos e espinhas. “Por isso a limpeza diária da pele é fundamental. O uso de esfoliantes, água micelar e até mesmo substâncias próprias para a remoção de impurezas e maquiagem ajudam a manter a pele saudável e com menor incidência de cravos e espinhas”, afirma Thais. “Invista em uma higienização diária com um sabonete que limpe profundamente a sua pele, retirando todos os vestígios de produtos utilizados durante o dia e também desobstruindo os poros de resíduos de poluição”. O ideal é realizar a higienização logo ao acordar e também a noite, antes de dormir.

Para atuar de forma mais incisiva, o uso de antioxidantes na pele também deve ser adotado. O ativo auxilia na redução dos radicais livres e seus danos. “Há a necessidade de prevenir a ação da poluição sempre com produtos antioxidantes como Vitamina C, Resveratrol, Romã, Chá verde entre outros”, orienta a esteticista.

Por último, mas não menos importante, lembre-se de manter a pele tonificada e hidratada. Os tônicos atuam para evitar a oleosidade e obstrução dos poros, com principal responsabilidade de equilibrar o pH, abalado pela poluição.

Já a hidratação devolve a umidade da pele. Você já sentiu a pele ressecada após um passeio no centro da cidade? Pois é, a pele acaba perdendo água para o ambiente seco. “Isso acontece porque as micropartículas, junto com o vento, desequilibram o pH da pele e, em resposta, ela pode apresentar uma textura mais seca e até vermelhidão”, alerta Thais Mugani. “Por isso, a hidratação é fundamental para proteger a barreira cutânea. Aposte em produtos com ativos potentes, que vão nutrir a sua pele profundamente, como por exemplo o ácido hialurônico”.

Agora é só aplicar as dicas, afinal, cuidado nunca é demais, não é mesmo?

 

Mariana Requena
[email protected]