Posse de Jair Bolsonaro movimenta capital federal    

Posse de Jair Bolsonaro movimenta capital federal    
Fonte: Agência Brasil

A capital federal pode receber entre 250 mil e 500 mil pessoas para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro no dia 1º de janeiro, segundo a expectativa da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. O impacto com o movimento gerado pela posse também impactará os hotéis da cidade. Com 279 estabelecimentos de hospedagem, a rede hoteleira espera que a ocupação supere os 85%, de acordo com estimativa da Secretaria de Turismo do DF.

Mesmo com o funcionamento do comércio em horário especial, com shoppings e lojas fechando no dia 1º, segundo a Fecomércio DF, a posse presidencial vai mudar a rotina de fim de ano. A expectativa do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes do Distrito Federal (Sindhobar-DF) é que a movimentação da cidade reflita nos restaurantes. Pelo menos 10% deles devem abrir as portas para atender o público que vai lotar a cidade.

A posse presidencial também tem movimentado o Aeroporto de Brasília. Para este mês, a previsão da Inframérica, responsável pela administração do aeroporto, é 118 voos extras. A movimentação aérea deve ser de 11.225 pousos e decolagens, com maior fluxo no dia 1º de janeiro. 

Por questões de segurança, os turistas que vierem a Brasília somente para a posse presidencial não poderão visitar importantes atrativos da Praça dos Três Poderes como o Congresso Nacional, Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal. A visitação está suspensa até o dia 3 de janeiro, devido aos preparativos para a cerimônia de posse. Já as visitas guiadas ao Congresso serão retomadas no dia 4 de janeiro.
 

Posse de Jair Bolsonaro movimenta capital federal