Preço do gás de cozinha será revisado a cada 3 meses

A Petrobras anunciou mudanças na forma de ajuste do preço do gás de cozinha. Desde o fim de junho de 2017, quando a estatal alterou a periodicidade dos reajustes, o preço médio do botijão teve alta de 23,2% em Piracicaba de acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).
 
Na quinta-feira (18), a Petrobras publicou nota em seu site informando a mudança. “Realizamos a revisão da política de preços do GLP de uso residencial, comercializado em botijões de até 13 quilos, e definimos novos critérios para aplicação dos reajustes. Além disso, aplicamos uma regra de transição para 2018, que reduzirá o preço do GLP vendido nas refinarias em 5%”, explicou.
 
De acordo com a estatal, o objetivo foi “suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico”. Desde o fim da semana passada, o preço médio de GLP residencial sem tributos comercializado nas refinarias da Petrobras é R$ 23,16 por botijão de 13 kg. 
 
Pela nova regra, os ajustes de preços passam a ser trimestrais, com vigência no dia 5 do início de cada trimestre. Novo ajuste de preço deverá ser anunciado no dia 5 de abril e, depois, no dia 5 de julho. Na semana passada, a Petrobras também anunciou redução de 5% no preço, apurado com base nas médias das cotações internacionais e do câmbio de 1º a 12/01/2018. 
 
Em Piracicaba, em 16 locais pesquisados na semana passada, o preço mais baixo encontrado do botijão de 13 quilos foi de R$ 60 em um ponto de venda no Jardim Ibirapuera. O preço mais alto pago pelo botijão era R$ 70. 
 
 
COMBUSTÍVEIS — Na semana passada, o preço médio do litro da gasolina em Piracicaba era de R$ 4. O menor valor (R$ 3,79) foi encontrado em um posto no bairro Piracicamirim e o maior valor (R$ 4,29) em um posto no Nova Piracicaba. Já o preço médio do etanol era de R$ 2,84. O menor valor foi de R$ 2,64, no Jardim Caxambu, e o mais alto de R$ 3, no Nova Piracicaba. No mesmo período, o preço médio do óleo diesel foi de R$ 3,26 sendo o menor de R$ 3 no Nova Piracicaba e o maior valor de R$ 3,47 no bairro São Jorge. Já o preço médio do litro do diesel S10 era R$ 3,38. O menor valor R$ 3,17 e o maior valor de R$ 3,69.
 
 
REAJUSTES — Desde julho do ano passado, com a mudança na política de ajuste, o preço médio da gasolina em Piracicaba ficou 20% mais caro. O litro do óleo diesel também acumulou alta de 14,4% (S 10) a 16,4% (comum). No mesmo período, o preço do etanol ficou 23,2% mais alto.