Prefeitura de Angra dos Reis decreta emergência na segurança pública

Prefeitura de Angra dos Reis decreta emergência na segurança pública
Fonte: Agência Brasil

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, decretou hoje (21), situação de emergência na área de segurança pública no município, devido à onda de violência que tomou conta da cidade, com facções criminosas rivais que lutam pelo domínio do tráfico de drogas na região. De acordo com Jordão, a situação de insegurança pública pode resultar no pedido de desligamento das usinas nucleares da cidade. 

“A grave situação enfrentada pela nossa cidade está cerceando o direito fundamental de ir e vir dos cidadãos, impedindo que serviços públicos essenciais sejam realizados em determinadas localidades controladas pelo tráfico. A situação está insustentável. Não podemos aceitar isto”, avaliou o prefeito.

Na tarde de hoje, o Jordão cobrou, mais uma vez, ação efetiva da Intervenção Federal na cidade. Ele já esteve reunido várias vezes com o presidente da República, Michel Temer e com o chefe do gabinete de Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen teve um encontro, no Rio de Janeiro, com o interventor federal na segurança pública do Estado do Rio, general Braga Netto.

Jordão explicou que o município tem feito seu papel, colaborando, dentro do que é possível, com a polícia, e citou a compra de 20 viaturas para a Polícia Militar, a implantação do Disque-Denúncia e a adesão ao Programa Estadual de Integração na Segurança. Ele faz um apelo para que toda a sociedade se envolva na luta contra a violência, utilizando o Disque-Denúncia (0300 253 1177).

“É preciso lembrar que se hoje existe uma briga entre facções pelos territórios é porque tem cliente para o tráfico. É o consumo de drogas e entorpecentes que movimenta toda essa guerra no Brasil, no Estado do Rio e em Angra dos Reis”.

A Agência Brasil já aguarda posicionamento da Secretaria de Segurança Pública e do Gabinete de Intervenção Federal (GIF) sobre a ajuda solicitada pelo prefeito para reduzir a onda de violência no município.

 

Prefeitura de Angra dos Reis decreta emergência na segurança pública