Presidente do Palmeiras confirma que time fará treino aberto no sábado

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, confirmou na noite desta terça-feira que o clube vai realizar no Allianz Parque, no sábado de manhã, um treino aberto para a torcida na véspera da final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. A atividade estava sob suspense pois o Corinthians também anunciou um trabalho aberto ao público no mesmo horário, a contragosto das autoridades.

“O treino será aberto para a torcida. O torcedor terá de trazer 1kg de alimento para entrar. O torcedor ao nosso lado é muito importante neste momento”, disse o dirigente após a vitória do time por 2 a 0 sobre o Alianza Lima, pela Copa Libertadores, no Allianz Parque. Sábado será a primeira vez que o clube treinará na arena diante do público desde a abertura do local, em novembro de 2014.

A ideia do treino aberto sofreu resistência da Polícia Militar (PM) e do Ministério Público por questões de segurança. As autoridades entenderam que a realização de atividades dos dois clubes ao mesmo tempo em dois pontos da capital paulista oferece risco à população por possíveis conflitos de torcedores, principalmente em estações de metrô. O Palmeiras foi o primeiro clube a fazer o aviso formal à PM sobre o treino.

“O Palmeiras é responsável pelo que acontece dentro do estádio. Protocolamos o pedido e vai acontecer o treino aberto. A responsabilidade pela segurança aqui dentro é do Palmeiras. Fora dele, é do poder público”, afirmou Galiotte. “Eu já falei com as autoridades. Está agendado e marcado. Está tudo certo”, completou o dirigente.