Princípio de incêndio atinge segundo andar do Supremo

Um princípio de incêndio atingiu na manhã desta segunda-feira, 26, um dos anexos do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília. De acordo com a assessoria da Corte, o fogo já foi controlado pelos bombeiros e se restringiu ao segundo andar do anexo 2 do STF. Não há feridos.

Segundo a assessoria do STF, o princípio de incêndio foi provocado por um curto circuito em aparelho de ar condicionado e atingiu a Seção de Processos Diversos da Secretaria Judiciária. O prédio está interditado para levantamento dos danos.

Vídeos obtidos pela reportagem do Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, mostram uma equipe de bombeiros em ação na sala C-205, da Seção de Processos Diversos, com móveis e computadores encharcados. Segundo a reportagem apurou, também houve danos materiais na recepção da biblioteca.

Uma equipe de engenharia está neste momento avaliando a situação dos andares superiores do edifício, que ficará interditado até as 12h.

No prédio interditado estão os gabinetes de dez ministros da Corte, exceto o da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, que trabalha no edifício-sede. O plenário do STF também está no edifício-sede.