Procon fiscaliza lojas de materiais de construção

O Procon-Piracicaba e o Serviço Municipal de Defesa do Consumidor realizaram nesta semana a Operação Material de Construção em 38 estabelecimentos. Desses, somente 10 estavam em conformidade com a legislação. Ou seja, 28 apresentaram irregularidades, que terão de ser sanadas no prazo definido pela fiscalização. As equipes orientaram os comerciantes e verificaram itens para assegurar os direitos do consumidor. 
 
Os bairros visitados foram o Centro, Paulista, Jaraguá, Paulicéia, Bairro Alto, Vila Rezende, Santa Teresinha, Bongue, Vila Fátima, Areião, Morumbi, Piracicamirim, Dois Córregos, Nova da Colina, Jardim São Pedro e Nhô Quim.
 
Durante a operação foram observadas práticas como informação dos preços dos produtos expostos à venda (formas de afixação); preço à vista e preço a prazo; formas de pagamentos: cheque (as restrições permitidas nessa modalidade de pagamento devem estar informadas em local de fácil visualização); obrigatoriedade da informação quando não é aceita essa forma de pagamento, também em local de fácil visualização; cartões de crédito e débito, com indicação das bandeiras e obrigatoriedade da informação quando não é aceita essa modalidade de pagamento, em local de fácil visualização. 
 
Os órgãos vão retornar aos locais para averiguar se foram realizadas as adequações indicadas pela fiscalização.