Produção de aço bruto cai em novembro, mas é positiva no ano

Produção de aço bruto cai em novembro, mas é positiva no ano
Fonte: Agência Brasil

A produção brasileira de aço bruto caiu 6,1% em novembro, em relação ao mesmo mês de 2017, totalizando 2,8 milhões de toneladas. No acumulado do ano, a produção atingiu 32,1 milhões de toneladas, aumento de 1,8% frente a igual período anterior. Os dados foram divulgados pelo Instituto Aço Brasil.

Em novembro, a produção de laminados foi de 2 milhões de toneladas, crescimento de 0,9% na mesma base de comparação. A produção de semiacabados para vendas totalizou 768 mil toneladas e diminuiu 5,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior. No período de janeiro a novembro, a produção de laminados alcançou 21,5 milhões de toneladas, expansão de 4,3% em relação a 2017, enquanto a produção de semiacabados para vendas foi 8,9 milhões de toneladas, o que significa elevação de 0,4% na mesma base de comparação.

As vendas internas cresceram 7,2% frente a novembro de 2017, atingindo 1,5 milhão de toneladas. Quando se analisa os primeiros onze meses do ano, o resultado das vendas é elevação de 9,3% em relação ao mesmo período anterior, alcançando R$ 16,9 milhões de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi 1,7 milhão de toneladas em novembro, 0,35% superior ao apurado no mesmo mês do ano passado. Já no ano de 2018 até novembro, o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi 19 milhões de toneladas, alta de 8,1% frente ao acumulado de janeiro a novembro de 2017.

De acordo com o balanço do Instituto Aço Brasil, as importações registradas em novembro alcançaram 171 mil toneladas, com receita de US$ 204 milhões. Houve crescimento tanto em quantum (que mede o desempenho dos volumes exportados) (3%), como em valor (15,3%) em relação a novembro do ano passado. No ano até novembro, os números atingem 2,2 milhões de toneladas e US$ 2,4 bilhões em receita. A expansão foi de 2,9% e 18,4%, respectivamente.

Como a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Secex/MDIC) mudou a metodologia de coleta dos dados do Portal Único de Comércio Exterior, o que abre possibilidade de provocar alterações e revisões nos resultados de novembro e no acumulado do ano, o Instituto Aço Brasil não publicou, temporariamente, os indicadores de exportação, “até que o sistema esteja normalizado, de forma a dar continuidade à tendência original dos dados”, diz o boletim divulgado.

Produção de aço bruto cai em novembro, mas é positiva no ano