Professor [email protected]

Paulo Sérgio Emeriques, professor e fundador da Bem-Te-Vi Berçário e Educação Infantil

O novo século traz um professor que, além de ter o conhecimento e compartilhá-lo com o aluno, ajuda a inovar e pensar. O aprender a aprender está muito mais rápido e o papel do professor é ensinar o aluno a ser criativo, ter pensamento crítico e experimentar o novo. Além da capacitação dos professores, as escolas também tem que ter os recursos tecnológicos. Professores inseridos nessa era precisam ser criativos em suas aulas, isto é, ser professor na era digital é um grande desafio! E hoje (15), a coluna Arraso Acontece faz homenagem a todos os mestres, trazendo alguns que se dedicam de coração a arte de educar.

Fotos: Acervo Pessoal

 

Ângela Correa Jorge, professora e secretária da SME (Secretaria Municipal da Educação)
Paulo Sérgio Emeriques, professor e fundador da Bem-Te-Vi Berçário e Educação Infantil
Ivana Vendemiatti, professora de Ballet do CCP
Cláudia Pedroso, professora aposentada
Viviane Maria Beduschi de Arantes, professora de Catequese de Crisma na Igreja Bom Jesus
Sílvia Creoaldi, professora de Fisiologia, Biofísica, Fisiopatologia, Neuroanantomia, Metodologia da Pesquisa e TCC na Unimep
Monike Santos, professora do 2° ano da escola “Primeiro Porto”
Elecyr Gorga, professora aposentada de Língua Portuguesa
Tatiana Franco Ramos Berti, professora e pedagoga no Pré 1 da escola “Primeiro Porto”
Regina Lordello, professora e coordenadora dos cursos das áreas da Saúde e Bem-Estar, Beleza e EAD do Senax
João Marcos Thomaziello, professor e diretor da Escola Estadual “Honorato Faustino”
Fernanda Martinelli Andreello Simoni, professora e vice-diretora do Colégio PoliBrasil
Denise de Toledo Kato Inocêncio, professora e diretora da Escola Municipal “Prof. Roberto Damas da Silva”
Ane Carolina do Prado, professora de Educação Infantil na Escola Municipal “Haldumont Nobre Ferraz”
Antônio Carlos Giuliani, professor e diretor-executivo da Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep)
Rosângela Camolese, professora e diretora do Colégio Atlântico e secretária da SemacTur (Secretaria Municipal de Ação Cultural e Turismo)