Professor de inglês que entregava drogas a delivery é preso pela Dise

Porções de entorpecentes foram apreendidas no Caxambu (Polícia Civil/Dise)

Um professor de inglês de 21 anos que entregava entorpecentes à domicílio (delivery) foi preso após uma abordagem dos policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), na tarde de terça-feira (13), no Jardim Caxambu. Na casa do suspeito, os policiais teriam localizado três tijolos de maconha, três pedaços da mesma droga, R$ 500 em dinheiro, além de faca, balança e material para embalagem do entorpecente. Ele foi conduzido à sede da delegacia especializada, onde foi autuado em flagrante sob acusação de tráfico de drogas pelo delegado Demétrios Gondim Coelho.

Segundo os policiais, as equipes já apuravam o possível envolvimento do professor na entrega de “encomendas” com porções maiores em pontos de venda de droga em alguns bairros de Piracicaba.

Os investigadores descobriram que ele recebia os “pedidos pelo aplicativo Whatsapp e realizava as entregas em sistema de “delivery”, ou seja, ele não possuía um ponto de venda fixo, mas fazia as entregas para os usuários em suas respectivas residência ou em outro local combinado por ambas as partes.

Os policiais estiveram na casa do professor, onde teriam localizado o entorpecente. O rapaz foi levado para a sede da Dise, onde prestou depoimento. Ele foi conduzido à carceragem, onde ficou até ser apresentado à audiência de custódia.

OUTRO CASO

Durante outra ação distinta realizada pela mesma equipe da Dise, outro investigado de 19 anos foi preso acusado de envolvimento com o tráfico de drogas, na terça-feira (12), no bairro Boa Esperança. Com o suspeito, os policiais teriam localizado diversas 33 trouxinhas  de maconha e 47 pinos de cocaína, R$ 80 em dinheiro e um rádiocomunicador.

 

Cristiani Azanha