Projeto prevê a contratação de 150 professores

O prefeito de Piracicaba, Barjas Negri (PSDB), encaminhou à Câmara um projeto de lei que cria 150 cargos de professor na rede municipal de ensino. De acordo com o texto do projeto, que será analisado pelos vereadores, os empregos terão carga horária de 33 horas e serão preenchidos por meio de concurso público.
 
Na justificativa, o prefeito esclareceu que os empregos são necessários para atender a demanda da SME (Secretaria Municipal de Educação). “Em decorrência da implantação de novas escolas, da criação de novas classes necessárias para atender a demanda, da implantação do atendimento em horários diferenciados para atender as mães trabalhadoras, ampliação do berçário, reposição de vagas daqueles professores que ocupavam cargos hoje extintos, há a necessidade de criação de 150 novos empregos de Professor de Educação Infantil, conforme estamos propondo através do presente projeto”, afirmou o chefe do Executivo. 
 
Para a secretária municipal de Educação, Angela Jorge Corrêa, os 150 empregos que serão criados, vão ser fundamentais para manter e aumentar a qualidade do ensino público. “A qualidade do ensino que oferecemos pode ser comprovada pelo estudo da (consultoria) Macroplan que mostrou Piracicaba na liderança do ranking nacional em gestão de Educação”, disse.
 
Neste ano, duas novas escolas de ensino infantil entraram em funcionamento. A Prof. Almir de Souza Maia, no Parque dos Ipês, e a Ada Dedini Ometto, na Vila Rezende. Juntas, elas oferecem mais de 240 novas vagas. Além disso, a prefeitura está concluindo a reforma da escola São Vicente de Paulo, no Centro, que mais do que dobra a sua capacidade de atendimento. Neste ano, essa escola atenderá 449 crianças, 229 a mais do que no ano passado.