Projetos da arte marcial reúnem 2 mil crianças e adolescentes

jogos As atividades são coordenadas pela Associação Piracicaba de Taekwondo; equipe faz planos para os Jogos Abertos. ( Foto: Arquivo/Selam)

Com o objetivo de estimular a prática esportiva e descobrir novos talentos, a Associação Piracicaba de Taekwondo atende hoje mais de 200 crianças e adolescentes, com idade entre 9 e 16 anos, em cinco projetos espalhados pela cidade. A ação se dá em parceria com a Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras), por meio de convênio assinado no início do ano com a prefeitura, atendendo as determinações do Marco Regulatório, e também junto com o Espaço Pipa, que trabalha com pessoas com Síndrome de Down.

Em fase de reestruturação, após enfrentar dificuldades em 2017, o ano de 2018 é avaliado como ‘positivo’ para o taekwondo piracicabano. A análise é do professor e responsável pela coordenação dos projetos, Frederico Mitooka. “Estamos reestruturando o esporte para atender as necessidades do chamamento público e esperamos que, em 2019, possamos dar continuidade aos trabalhos no mesmo formato. Nosso objetivo é descobrir o campeão que há dentro de cada criança e adolescente, e continuar propagando a cultura da arte marcial e do desporto olímpico”, disse Mitooka.

As atividades acontecem em núcleos de massificação de taekwondo nas seguintes escolas municipais: Edilene Borghese (Parque dos Eucaliptos), Professora Elizabeth Consolmagno Cruz (Kobayat Líbano), Aracy Terra (Jardim Serra Verde) e Joaquim Souza (Jardim Morumbi), além do Varejão da Raposo Tavares (Vila Cristina e Portelinha). As inscrições podem ser feitas durante todo o ano. No projeto ‘Juntos e Misturados’, realizado em conjunto com o Espaço Pipa, é necessário se inscrever e aguardar o início de novas turmas bimestralmente.

JOGOS ABERTOS

O taekwondo piracicabano também vai marcar presença na 82ª edição dos Jogos Abertos do Interior, que acontece em São Carlos, entre os dias 14 e 24 de novembro. “Diferente do que aconteceu nos Jogos Regionais, nós estamos indo aos Jogos Abertos com uma equipe nova, devido ao choque de datas com o World Grand Prix e o Campeonato Mundial Militar, mas a nossa expectativa é por uma boa participação e vamos para lutar por medalhas”, destacou Mitooka.

( Líder Esportes)